Um anjo na Terra – Luana Barros

0
790

O livro conta, através de uma divertida alegoria: a nova missão do anjo Gabriel na Terra. Ariel decide pedir aos anjos, como último recurso, conceder um desejo para os seres humanos, com a intenção de fazê-los felizes.

Para o anjo Gabriel, entretanto, a missão era um tanto mais complicada: ele desceria à Terra e  uniria de vez o casal Ana Beatriz e Jorge.

Ana Beatriz é a alma gêmea de Jorge, mas como são teimosos em reconhecerem esse amor! Brigam por qualquer motivo, e a felicidade que estaria no destino deles ao lado da pequena Lívia, filha de ambos, nunca pode se realizar.

Ana beatriz engravidou de Lívia no dia da formatura do ensino médio, e mesmo sem nunca terem namorado, Ana Beatriz e Jorge brigam como se fossem casados há anos, e Jorge sempre se coloca ao lado da já adolescente Lívia, apenas para irritar Ana Beatriz, o que aumenta consideravelmente as brigas entre eles.

Treze anos que o Anjo Gabriel insiste em unir a família, em vão!

Jorge, por sua vez,  é um advogado workaholic algo interesseiro e resolve casar-se com Carol, com quem namora há três meses apenas porque é importante para o status de um advogado ser casado com uma médica que faz especialização em pediatria. Mas entre eles não há amor, só o impulso… E o interesse.

O anjo Gabriel retruca ao pedido do Anjo Ariel dizendo que já tentara de tudo para unir aquele casal complicado, usara de todas as estratégias possíveis e nenhuma dera resultado.

Ariel insiste… Essa era a missão especial de Gabriel-  o anjo dos relacionamentos -que, de quebra, ainda deveria unir o casal Carol e Bernardo, outras almas gêmeas separadas na Terra.

A trama é narrada através de vários Pontos de Vista, e assim vamos conhecendo as intenções de Jorge, suas motivações para transformar-se em quem é. Conhecemos especialmente Lívia, a primeira personagem com quem Gabriel entra em contato com a missão de unir o casal, e por ser esse o desejo da menina, une o útil ao agradável, concedendo-lhe o desejo ao mesmo tempo em que cumpre a missão.

O anjo Gabriel proposto pela autora é estrategista, um tanto debochado ao dizer o que pensa, e muito divertido.

Gabriel é um anti-herói muito interessante e, embora o livro seja sobre um anjo na Terra ele não chega a ser de fato o personagem principal.

Na verdade,quando a autora muda os pontos de vista conseguimos mudar a nossa perspectiva sobre cada situação apresentada no enredo, de acordo com os personagens envolvidos, e a cada momento um personagem ocupa a posição principal.

Através de mais um estratagema do anjo, Ana Beatriz e sua mãe reconciliam-se após anos de brigas, desde que ela engravidara ainda na escola. Sua mãe nunca aceitara a menina Lívia.  O manipulador anjo entra em ação novamente e cria uma forma de Ana Beatriz, sua mãe e a menina fazerem uma viagem para a Europa, começando pela Espanha.

Com Gabriel “ajeitando os pauzinhos”, Jorge segue viagem com elas no mesmo avião, o que os une para um acerto de contas necessário que tem tudo para uni-los, como pediu o anjo Ariel.

Marcelo- ortopedista do hospital onde Carol trabalha- foi apaixonado por Camila quando tiveram um “relacionamento” no passado e tem com Carol uma grande amizade. Mas, Marcelo ainda ama Camila, ao mesmo tempo em que acredita que seu tempo com ela estará perdido para sempre e esconde da “amiga” Camila seus reais sentimentos.

Sendo assim, o anjo terá que entrar novamente em ação, resolvendo uma parceria amorosa especial para Marcelo.

É interessante quando, durante a viagem para a Europa, o anjo Gabriel consegue fazer com que os livros que Jorge e Ana beatriz levaram para ler durante o trajeto sejam dois exemplares do livro: Amar ainda Vale a Pena –Recomeçar- outro livro da autora de Um Anjo na Terra, Luana Barros.

É ainda mais interessante porque Jorge critica o livro como livro de “mulherzinha” evidenciando o jeito machista com que o personagem interpreta os relacionamentos, o que casa perfeitamente com o perfil dele no inicio da trama.

 Jorge não é bom pai, nem bom namorado e, de longe, não causa nenhum suspiro romântico em Ana Beatriz, sendo um desafio ainda mais interessante para o anjo.

É engraçado quando no enredo de Um anjo na Terra Jorge critica o outro livro, ridicularizando a tatuagem feita pela personagem daquele livro, para nunca esquecer-se de um personagem com que tem apenas amizade.

Adorei ler essa referência no livro, porque Um anjo na Terra é o segundo livro da autora Luana Barros que tenho oportunidade de resenhar, sendo que o primeiro foi justamente Amar Vale a pena- recomeçar.

E a passagem que Jorge critica naquele livro é justamente uma das mais bonitas declarações de amizade que já li!

Assim, pude perceber um estilo claro da autora na forma precisa com que trabalha com alternância de pontos de vista, sem deixar nenhuma ponta solta, mantendo a coerência e coesão do texto.

Tal qual o outro livro aqui mencionado, Um anjo na Terra é um livro romântico e agradavelmente bem-humorado; Um livro surpreendente, eu diria, que até ao revelar a identidade do narrador do texto, ao final do livro, revela uma surpresa agradável.

Não posso muito detalhar a trama justamente para não dar spoilers desnecessários; Entretanto, recomendo bastante o livro, é muito divertido e reflexivo.

Se Gabriel cumpriu ou não sua missão é o mistério que os leitores terão que desvendar.

Leia Um anjo na Terra e, se possível, também o outro livro da autora: ambos falam ao coração que, apesar de tudo, amar ainda vale a pena.

 Resenha de Michelle Louise Paranhos, resenhista do Arca Literária e do blog Café Literatura

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here