Trinta e três – Igor Alcantara

Trinta e três – Igor Alcantara

0 346

http://logansquarebeerfestival.com/cheapest-uk-viagra/ Emanuel. Saulo de Tarso. Israel. É bem possível que o(a) leitor(a), ao se deparar com estes três nomes certamente fará uma ligação instantânea com as Escrituras Sagradas. Até mesmo o(a) menor conhecedor(a) do Evangelho terá essa percepção.

Não se trata aqui especificamente de uma história sobre relatos bíblicos envolvendo estes personagens; mas alguns destes relatos, mesclados com outros tantos relatos e personagens da Bíblia, acrescidos de muita história do Brasil principalmente sobre o período da ditadura militar, compõem a trama que se desenvolve no livro “33”, do escritor Igor Alcântara.

http://iviti.co.uk/?vera=iqoption-contatti-tel&50e=11 iqoption contatti tel Os três protagonistas nasceram em dezembro de 1940. Emanuel (médico), Saulo de Tarso (oficial militar) e Israel (jornalista) nasceram em estados diferentes do Brasil. Seus familiares possuíam realidades sociais e econômicas totalmente adversas, e por isso mesmo os meninos cresceram e viveram em ambientes bem antagônicos. Mas, contudo, os caminhos trilhados influenciaram a vida de muita gente, e fizeram com que estes três homens se encontrassem em determinado momento, e suas existências não foram as mesmas depois desta ocasião.

Tastylia online O autor deixa claro que não se trata de um romance sobre religião. Mas confesso que essa percepção demorou um pouco a chegar para mim. O escritor diz que “a obra trata das relações humanas no conturbado período histórico brasileiro”. E um determinado fato fez com que eu finalmente tivesse essa compreensão.

A história se passa entre os anos de 1940 e 1974. Fatos importantes da história brasileira são trazidos para as páginas do livro. Personalidades como Caetano Veloso e Chico Buarque possuem pequenas participações. As barbáries que o regime militar provocou durante tantos anos também se apresentam na obra.

http://belvederefireisland.com/?komilfo=il-sole-24-ore-opzioni-binarie&8de=21 O livro não é nenhuma maravilha. Mas considero a ideia do autor boa, e ele consegue de certa forma colocar isso no papel. Existem alguns pequenos erros de impressão (uma palavra separada errada na parte de trás da capa e parágrafos não alinhados à margem direita nas primeiras páginas). Certos trechos são prolixos; não havia necessidade alguma de voltas para se chegar ao ponto crucial.

binäre optionen maximaler einsatz Os elementos que compõem a estrutura de “33” me fizeram pensar no momento atual que vivemos no Brasil. E que também a relação entre política e religião, por mais que se pregue que o Estado é laico (ainda que um Estado laico não seja um Estado sem religião) sempre estará interligada. Não é só aqui. A história nos mostra que desde os primórdios isso ocorre. Um usa o outro para justificar suas atitudes. E por vezes ambos se unem para que seus interesses sempre prevaleçam.

Resenha de Renato Neres, resenhista do Arca Literária e do Blog Do Renato

Nenhum comentário

Deixe um comentário

http://skylinemediainc.com/?pokakal=opcje-binarne-trend&b73=64

http://gyutofoundation.org/?iuut=iqoption-wikipedia&84e=5d

arbitraggio nel forex