Toda Luz Que Não Podemos Ver – Anthony Doerr (Spoiller)

0
461

Aos seis anos Marie Laurie ficou cega.Seu pai decide construir para a menina uma maquete da cidade em que eles moram em miniatura.Através dessa maquete Marie Laurie aprende a caminhar pelas ruas com segurança.Apesar da cegueira Marie Laurie leva uma vida tranquila até que os alemães invadem Paris.

Werner é um menino alemão que assim como sua irmã Jutta tem os cabelos quase tão brancos como a neve.Orfãos,os dois crescem em um orfanato perto das minas de carvão.Em meio à pobreza e a fome mas inteligente ao extremo Werner vive inventando ou fabricando coisas com objetos que encontra nos lixos.Tudo o que ele mais quer é poder escapar do destino que tem todos os meninos da região:trabalhar na mina de carvão.

Um dia Werner encontra pedaços de um rádio e consegue fazer com que funcione.Depois disso todas as noites Werner e Jutta ouvem uma transmissão vinda de Paris que faz com que os dois sonhem com uma vida melhor.

O tempo passa e Werner já um adolescente de treze anos desperta o interesse de um cidadão de quem conserta o rádio.

Werner então é enviado à uma escola de treinamento onde só os melhores e mais fortes sobrevivem.E quando Werner vê se encontra no meio de homens inteligentes que tem como ambição a destruição de uma raça.

O destino e a guerra farão com que os caminhos de Werner e Marie Laurie se cruzem.

 O livro é tão bom que qualquer coisa que se fale sobre ele é pouco.

Pela primeira vez em muitas leituras sobre o assunto Segunda Guerra eu me simpatizei com um alemão.Werner é o tipo de personagem que você gosta já no começo.Apesar de Marie Laurie ser também um personagem carismático pra mim quem roubou a cena foi Werner.

Sendo todo horror que foi a Segunda Guerra,eu posso viver cem anos e ler milhares de livros sobre o tema mas jamais vou compreender ou entender o por quê de tudo aquilo.Não entra na minha cabeça como a humanidade permitiu que ocorresse todo aquele horror,toda aquela crueldade.Mas através de Werner e Jutta eu pude ter uma visão mais ampla desse acontecimento.Pude ao menos plantar uma semente no meu coração:de que por mais que existissem loucos,pessoas más ao lado de Hitler,havia também alemães que não compartilhavam daquilo.Tudo bem,é um livro mas ainda assim acredito que no meio de toda aquela crueldade e loucura havia pessoas boas.Coisa que eu não havia cogitado até aqui.

 O livro é claro,emociona um pouco.O final não é o que eu queria mas acredito que foi o melhor que poderia ter sido.

 O autor é excelente,Suas descrições dos monumentos,cidades e objetos é impressionante.É uma viagem no tempo.Tudo tão bem descrito que é possível se imaginar lá,em meio aos personagens e à Guerra

 Uma resenha longa mas que ainda é pouco pra exprimir tudo que esse livro me fez sentir!

Leitura de primeira!!

 Resenha de João Soares, resenhista parceiro do Arca Literária

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here