Simplesmente Ana – Marina Carvalho

0
658

Olá pessoas!!

Queria anunciar que a Literatura Nacional está tomando conta do nosso Paraíso é isso é muuuuuuito bom!!! Todas as leituras têm sido maravilhosas e únicas, não só pra mim como para todas as meninas.

Simplesmente Ana é mais uma obra de autoria nacional e que pra mim foi simplesmente bela!! Eu amo romances doces, com pitadas de sedução e comédia, e assim é o livro da Marina Carvalho! Doce e viciante.

Imagine-se descobrindo ser a filha de um rei? Pois é, Ana tem 20 anos, cursa a faculdade de direito, mora em BH e até então acredita ter sido abandonada pelo pai, logo que sua mãe soube que estava grávida, e apesar de sentir falta de ter uma presença paterna, isso nunca foi um problema, já que possuía uma família maravilhosa e uma super mãe.

Mas de repente, toda a sua vida muda quando ela recebe uma mensagem no Facebook de um homem dizendo ser seu pai.

 ” Desculpa, mas acho que sou seu pai.”

 Depois de algumas pesquisas, e uma conversa com o Andrej, ela descobre que toda a estória que sua mãe contou durante sua infância era uma mentira, e que seu pai é um grande Rei de um pais chamado Krósvia, que descobriu a filha da maneira menos esperada, assistindo Ana Maria Braga rs.

 É isso mesmo, Andrej assistia a esse programa em um hotel em Belo Horizonte, enquanto visitava o país para uma conferência com a presidenta, quando viu a mãe de Ana no programa dando uma entrevista e falando da filha, daí por diante foi seguir as pistas e encontrar a filha perdida.

 Acontece que agora Andrej quer que Ana vá para Krósvia assumir o seu posto de princesa, e o que parecia apenas uma visita pode se tornar muito mais.

A questão é que ela não queria largar seu país, tudo era muito novo pra ela, e em torno de toda essa situação existiam empecilhos, como sua família, sua faculdade, sua melhor amiga Estela e Arthur, seu quase namorado! Mas depois de receber apoio de todos, inclusive de Arthur, Ana resolve se deixar levar, e ir com seu pai conhecer aquilo tudo que um dia será seu.

 “Logo que recuperei a consciência, uma ansiedade me dominou.Gente, sou uma princesa! E estou na Krósvia para desempenhar meu papel, ou melhor, meus dois novos papéis: o de princesa e o de filha com pai. Sinistro.”

 O país de Krósvia é maravilhoso e Ana está encantada, logo quando chega, seu pai trata tudo como um segredo para que ela possa curtir um pouco e conhecer o lugar sem complicações, já que depois que for anunciada publicamente para o país como Ana a princesa de Krósvia sua vida vai ficar um pouco mais complicada.

Lá era fará muitos amigos, Irina sua assessora, Karenina a cozinheira real, há qual Ana ensinará vários pratos típicos brasileiros, sua tia Mariziel e seus priminhos fofos.E junto com essa parte da família até então desconhecida, ela também vai conhecer Alexander, o enteado lindo e rabugento de seu pai, que não mede esforços ao demonstrar sua implicância com Ana.

 “Dizer que meu coração perdeu umas duas batidas seria mentir descaradamente. Ele deixou de bater por uns cinco segundos mesmo. E depois, quando voltou, espalhou uma onda de eletricidade por todo o meu corpo.”

 Alexander é o bad boy real, um gato de olhos verdes e órfão de mãe, já que a Rainha faleceu há alguns anos de câncer. Rapaz independente, apesar de ser da família possui sua vida particular fora do castelo e não mora com o Rei.

Logo que Ana chega a Krósvia, e dá de cara com o enteado de seu pai, o clima fica meio pesado já que ele acredita que ela é uma golpista, o que acaba com os sentimentos de Ana.

 “Você não sabe nada sobre mim.Nada. Então, não fique falando do que não conhece.”

Com o passar do tempo os dois vão se conhecendo, e as intrigas vão diminuindo, já que Ana prova para Alex com atitudes que ela é bem diferente do que ele imagina, e isso começa a acontecer depois que Irina fica ocupada organizando o tão esperado evento de apresentação da princesa, sendo assim Alex se oferece para apresentar a Ana tudo o que ela ainda não viu de Krósvia, fazendo assim nascer uma admiração recíproca entre os dois.

Tudo poderia ser perfeito se Alex não namorasse Laika (famoso nome de cachorro kkkk), um ser ciumento e desprezível que irá fazer de tudo para afastar os dois.

 “Nome de Cachorro era um apelido que surgiu por instinto, antes mesmo de eu conhecer o caráter podre da garota. Fui motivada por um ciúme que até então desconhecia, já que nunca fora uma pessoa ciumenta.”

O problema é que com o passar do tempo, o sentimento de Ana por Alex começa a ficar confuso e mais intenso, e por mais que ela se negue a aceitar e confirmar, vem vindo por aí uma paixão arrebatadora.

O problema disso tudo é que por mais que Alex dê indícios de sentir o mesmo, deixando o clima quente quando estão próximos e sozinhos, Ana não consegue ter certeza se está sendo retribuída, e apesar do relacionamento dele com a nome de cachorro não ser um dos melhores, a existência dela contribui ainda mais para que o bom senso de Ana a obrigue a tentar manter a distância do príncipe encantado.

Depois de apresentada ao povo de Krósvia e do Brasil também, as coisas começam a ficar mais complicadas, Ana agora é uma pessoa pública e privacidade já não faz mais parte da sua vida! O que faz com ela esteja sempre trancada no palácio ou acompanhada, mesmo que por Alex, e essa parceria pode acabar a colocando em maus lençóis nos tabloides dos dois países.

O romance acontece de verdade quando Ana foge do apartamento de Alex, para assistir ao show do Bon Jovi mais de perto e se livrar do amigo chato dele. Ao chegar no meio da multidão ela se esquece de quem é embalada pela música, mas seus súditos a reconhecem e ela só não é arrastada porque Alex chega a tempo de esconde-la e salva-la.

 “Ser princesa tem o poder de fazer isso: transformar a vida das pessoas num semi conto de fadas. Eu deixei de estar em apuros para ser literalmente salva por meu príncipe encantado. Só faltou o cavalo branco, mas isso eu dispensava devido as circunstâncias.”

Imagine ganhar um beijo de seu príncipe encantado embalado ao som de Bom Jovi! Tudo de bom.E agora os dois precisam se decidir e assumir de uma vez por todas seus sentimentos.

O Romance é leve, suave e de leitura rápida, não tem como não se apaixonar por todos os personagens. Por mais que Ana e Alex sejam os protagonistas, todos os personagens são muito bem desenvolvidos e cativantes.

Os problemas em que ela se mete e a forma como o romance é desenvolvido, são mágicas, e pra mim a parte mais tocante é quando ela resolve visitar o orfanato da irmã Celeste e se depara com aqueles anjinhos, que mesmo órfãs transbordam felicidade.

 “É duro encarar um monte de crianças aparentemente alegres sabendo que elas não têm pai e nem mãe. Dá vontade de levar todas pra casa e dar tudo para elas, tudo mesmo.”

Apesar de Krósvia ser um país fictício, a forma como a autora o apresenta, com seus detalhes e lendas, suas paisagens bem definidas e marcantes, faz com que cheguemos a duvidar se o país é mesmo de mentira.

Como todo conto de fadas, não podia faltar a Bruxa má, que aqui é carinhosamente apelidada de “Nome de Cachorro”, e isso acontece porque para Ana, Laika é o nome que damos as nossas cadelas aqui no Brasil. Não posso dizer que a disputa é justa, já que ela nem existe, pois Alex já sabe de quem é seu coração desde que colocou os olhos em Ana, o que só aumenta a raiva de nome de cachorro, que sabe que está perdendo o príncipe.

Alex apesar de ranzinza e bipolar, com o tempo vai se mostrar um grande cavalheiro, e quando ele finalmente se declarar vai ser impossível quem estiver lendo não se apaixonar por ele e pela estória.

 “-Não é a outra Ana. E nunca vai ser. É a única pra mim. Estou apaixonado, louco e quero você. Quantas vezes vou precisar dizer isso pra você acreditar?”

Esse sem dúvidas, e o tipo de livro tão doce, que nos faz sonhar e acreditar que contos de fadas podem ser reais, e que por mais que nosso príncipe encantado não venha montado a cavalo, ele está ai fora em algum lugar esperando por nós.

Sem falar nas gargalhadas que dei com a Ana, ela é super engraçada e seus pensamentos pecaminosos voltados a Alex e suas novas lingeries Victoria Secrets são demais pra qualquer pessoa, sem falar em seus diálogos com Estela a super amiga doida que todos gostariam de ter.

Sei que não falei muito de Arthur, mas vocês descobrir que pelo menos nesse livro ele não merece ser citado, mas quem sabe ele não apareça na continuação…

Li o livro em e-book, então não tenho muito o que dizer da diagramação, em compensação não achei erros no decorrer da obra e a capa é simplesmente apaixonante.

Pra mim a autora está de parabéns em todos os sentidos, e já foi pra minha lista de preferidos com certeza, tanto que não vejo a hora de ler a continuação e saber como andam os meus pombinhos mais que imperfeitos.

Não perca a oportunidade de ler esse lindo conto de fadas e viajar nesse doce e divertido romance, espero que tenham gostado e que incluam esse livro na sua lista de 2015, porque ele realmente merece estar nela.
Superbeijokas e até a próxima!

Resenha de Kelly Alves, resenhista parceira do Arca Literária e integrante do blog Paraíso das Idéias

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here