Sábado à noite – Babi Dewet

0
622

Comecei esse livro com grandes expectativas, mas infelizmente a leitura ficou bem abaixo delas, quando me deparo com uma protagonista mimada, chata e irritante. Achei o enredo um pouco fraco, pensei que o livro me levaria de volta à minha adolescência, mas não, achei um pouco artificial as atitudes dos personagens, adolescentes que vivem fora de casa sem dar uma satisfação aos pais, pais que viajam mais do que ficam em casa deixando o filho adolescente sozinho, não sei, mas me pareceu um pouco fora da realidade, pelo menos da minha e das pessoas em minha volta.

 O livro basicamente conta a história de Amanda e Daniel que são apaixonados um pelo outro mas não ficam juntos. Amanda é a menina mais linda do colégio e Daniel é o nerd que vive fazendo besteira.

 No início me pareceu que Amanda não ficava com ele por ser linda e popular, mas depois descobrimos que esse não é o motivo. Amanda é imatura, chorona, não sabe o que quer e ainda por cima magoa Daniel o tempo todo sem que ele saiba o porquê de tudo isso.

 Então vivemos esse romance às escondidas, onde Amanda irritantemente só faz uma burrada atrás da outra, e Daniel é um fofo chega a ser um bobo nas mãos dela.

 Me soou um pouco estranho o jeito que Daniel a chamava, FOFA, ele idolatrava a menina antes de conseguir um namoro as escondidas, ela era a musa dele, e ele a chama de FOFA??? No mínimo deveria chamá-la de linda, princesa, ficaria melhor, eu acho.

 Outra coisa que não entendi também, foi como os Marotos (grupo de nerds que só fazem besteiras) conseguiram fazer com que o diretor da escola os contratassem para tocar nos bailes de Sábado a noite, eles tentaram e o diretor disse que não, logo depois um dos marotos diz para deixar com ele e já aparecem tocando mascarados.

Daniel canta as músicas nos shows baseadas na sua estória com Amanda, no primeiro encontro deles, ela a convidou para jantar em sua casa e fez miojo com brócolis, uma situação completamente atípica e mesmo assim Amanda não consegue perceber que é ele um dos mascarados.

 Agora vou colocar os pontos positivos, a leitura flui bem, algumas cenas de Daniel com Amanda são bem lindas, os marotos também são divertidos e o final também valeu a pena.

 Espero que Amanda tome juízo no próximo livro, mas do fundo do meu coração eu não gostaria que o casalzinho ficasse junto, Daniel merece alguém melhor que Amanda.

 No balanço geral o livro foi bom, mas muita coisa precisa ser melhorada, principalmente o gênio da Amanda. Eu já tenho o livro 2 mas não pretendo ler por enquanto, vou esperar passar a raiva da Amanda.

 Muitas pessoas gostaram muito do livro, eu gostei mas nem tanto, então leia e tire suas próprias conclusões, mas eu duvido que alguém goste da Amanda.

 Resenha de Danielle Peçanha, resenhista do Arca Literária e do Minhas Resenhas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here