Precisamos Falar Sobre o Kevin – Lionel Shriver

0
595

Kevin Khatchadourian(conhecido pelas iniciais KK) é um adolescente de dezesseis anos que foi o autor de um massacre onde matou sete colegas de escola,uma professora e um servente do ginásio.Eva Khatchadourian ,mãe de Kevin,escreve cartas ao marido ausente,tentando entender o por que de tudo ter acontecido.Narrando através das cartas tudo o que se passou na sua vida desde o nascimento de Kevin até suas visitas ao presídio onde ele reside agora.

 Eva choca e toca fundo o coração do leitor ao relatar suas lembranças.Uma personagem marcante e acima de tudo humana.Humana por que ao revelar suas fraquezas,seus temores,seus anseios,Eva nos leva ao mais profundo da sua alma e nos deixa a pensar que o que aconteceu com ela poderia ou pode acontecer com qualquer um de nós.

O livro é sensacional,a autora conduziu bem um livro que poderia ter se tornado cansativo mas que graças a sua argúcia e sutileza torna a leitura pra lá de interessante.

A maneira como tudo é contado e vai sendo revelado a verdadeira face de Kevin é espetacular.

A autora conseguiu me enganar por um bom tempo com um determinado assunto mas depois da metade do livro eu comecei a suspeitar de que alguma coisa estava errada.Não entendia o por quê de certas coisas(não vou falar o que é,mas todo mundo que ler esse livro com certeza vai se fazer a mesma pergunta) e infelizmente com muita dor no coração vi que aquilo que eu suspeitava era verdade.

O livro faz rir com algumas ironias de Eva ou de Kevin,e também me emocionei com o final.Um final tocante e ao mesmo tempo chocante.

Frase tirada da sinopse do livro:

 “A autora nos carrega em um thriller psicanalítico no qual não se indaga quem matou,mas quem morreu.Enquanto tenta encontrar respostas para o tradicional onde foi que eu errei?, a narradora desnuda,assombrada uma outra interdição atávica:é possível odiarmos nossos filhos?”

 Leitura excelente!!

 Resenha de João Soares, resenhista parceiro do Arca Literária

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here