Pés-Vermelhos – David Gonçalves

Pés-Vermelhos – David Gonçalves

0 255

http://verkehrswacht-plauen.org/nioserko/2933 Relato vivo, múltiplo e caótico da colonização das terras roxas do Norte do Paraná. Migrantes e imigrantes se misturam numa saga pujante. O laboratório étnico em ação, temperado com paixões desenfreadas, cobiça, crendices, pactos macabros, surrealismo, mas impregnado de calor humano.

http://www.orcacharter.it/?primesew=lavorare-con-leopzionibinarie-efare-soldi&11f=ff De 1940 a 1980, da selva à civilização, as terras roxas conhecem o progresso veloz e imperativo. O El dourado do café.  Pequenas cidades se tornam metrópoles. O dinheiro fala e manda calar a boca. O ouro verde. Os pés-vermelhos estavam por cima. Queriam mais. Palmo de terra valia ouro. Especulava-se. Matava-se. Multiplicava-se.

enter Então, a geada negra chegou, dizimando os cafezais. A falência das elites.  Deu-se o início ao êxodo rural. Os boias-frias nos caminhões de lona, empoeirados, sem esperança. As cidades médias e grandes viram as periferias incharem.

binär optionen test Neste mundo caótico e comovente, as personagens se movem com suas paixões e voracidade, espelho vivo da América Latina.

Artigos similares

0 68

0 51