Penumbra – André Vianco

0
339

A resenha de hoje é sobre o mais recente lançamento de André Vianco, nossa preciosidade da literatura nacional. E foi o meu primeiro contato com o autor, e estou maravilhado, pois “Penumbra” entrou para minha lista de preferidos, além de me fazer adicionar outros livros de André na minha meta de leitura.

Sinopse: André Vianco estreia na LeYa com Penumbra, um romance carregado de sombra e ternura. Reconhecido e reverenciado por milhares de leitores, André Vianco é um dos mestres da ficção fantástica nacional, dono de uma elogiada obra que inclui títulos de terror, suspense e fantasia. Vianco faz sua estreia na LeYa com a publicação de Penumbra, um romance inédito, ao mesmo tempo doce e sombrio. Ele nos apresenta à Lana, uma menina teimosa e decidida, que, quando acorda na Penumbra, um lugar misterioso, descobre que precisará deixar para trás tudo o que mais ama. Ao se recusar, ela desafiará a Penumbra e sua guardiã, a babá Osso Duro, uma mulher velha e seca, dona de um sorriso cadavérico e assustador. O que Lana não esperava era ter de se juntar à babá Osso Duro para, juntas, lutar contra as forças da Penumbra.

 A personagem principal se chama Lena, uma criança muito decidida para sua idade, em alguns pontos a achei teimosa, mas isso ocorre por que ela se impõe naquilo que realmente acredita sem duvidar em momento algum (quando eu crescer espero ser assim também. “Falou o cara de 23 anos”). Lena será enviada para Penumbra, uma espécie de plano, onde após morrer, as crianças são enviadas para deixar para trás tudo aquilo que viveu em vida e assim seguir a diante.

Nesse percurso ela será apresentada a babá Osso Duro, uma velha que está ali apenas para instruir as crianças a esquecer o que vivenciou e assim partir para um plano melhor que aquele. E a partir disso a historia é contada, Penumbra além de influenciar as crianças nesse processo, ela quer que todos deixem de lado aquilo que amam, mas ao ser contrariada tudo naquele fatídico lugar será alterado.

Criaturas e seres fantasmagóricos estão à procura de qualquer sinal de “lembrança do outra lado” e farão de tudo para conseguir pegar e assim voltar para a terra, onde viverão como fantasmas determinados a assombrar os viventes. E Osso Duro fará de tudo para Lana fazer aquilo que é exigido, pois caso contrario, ela pode se tornar um desses seres que vivem vagando pela Penumbra.

“Penumbra” fui um livro que superou minhas expectativas, durante a leitura, vários pontos fizeram com que esse livro entrasse para a lista dos meus livros favoritos. Escrever esta resenha é bem difícil depois do final nada além do esperado, e quando você finaliza percebe que pequenas pistas que foram dadas durante o livro, explica o móvito para o final feliz ou não.

Vou parar por aqui para não começar a dar spoiler, mas acredito que a leitura vale muito a pena, provavelmente será livro único, mas ele é tão complexo e completo que demais volume seriam desnecessários. Com apenas 256 páginas e lançado pela LeYa, “Penumbra”  foi um lançamento de 2017. Dei 5/5 estrelas no meu Skoob, e mesmo o ano estando apenas começando, eu creio que este livro estará no meu TOP 10 de 2018.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here