Operação Babilônia II – Andreia Camargo

0
618

Livros sobre espionagem nunca forma os meus preferidos, Operação Babilônia ll –

O Armagedon acabou sendo minha primeira leitura do gênero e posso dizer que já estará entre os meus prediletos. O livro é o segundo da Trilogia Operação Babilônia escrito pela autora brasileira Andreia Camargo, foi lançado agora em janeiro com 502 páginas recheadas de muitas espionagens, ações e grandes descobertas.

               ” – Nome, o que você está fazendo na península dos Bálcãs e para quem trabalha?”

                A trama do livro nos surpreende logo no início, onde entramos logo de cara numa cena em que a agente secreta Stefica é capturada e está sendo tortura por Goran; que é o braço direito do traficante de armas Dragan. Após um tempo de espionagem a agente secreta Babilônia é designada para descobrir sobre os planos de uma grande organização criminosa; onde eles planejam o patrocínio através de uma bomba potente à destruição de todos os governos da terra.

                A princípio essa organização iria transportar os grandes criminosos para o Planeta Marte enquanto destruísse a população com essa bomba, consequentemente após a destruição eles iriam trazer novamente os criminosos para terra onde dividiriam o comando da terra entre todos os criminosos. Esse era o plano inicial do traficante de armas Dragan, que acabou sendo descoberto pela Babilônia a sua real intenção e teve uma grande reviravolta onde foi desarticulado todo seu planejamento.

                Operação Babilônia ll – O Armagedon é um livro que nos surpreende por mostrar e apresentar de um jeito único as diversas artimanhas de espionagens, onde ficamos fascinados pela leitura e acabamos obtendo a impressão de que estamos dentro de um roteiro de um filme. O livro possui uma trama muito envolvente, com muita ação e toda boa história sobre espionagem sempre nos mostra um romance, posso apenas revelar que Babilônia se envolve com o garçom Lucas que teve a algum tempo atrás um caso com uma das criminosas espionada por Babilônia. Lembrando que o romance citado não é de forma alguma o foco do livro.

                É impossível descrever detalhes do livro sem dar alguns spoilers e por esse motivo não irei aprofundar a resenha ainda mais na trama. Operação Babilônia ll – O Armagedon tem uma diagramação bem elaborada, com personagens bem construídos, os cenários foram bem descritos onde nos mostrou diversos países; inclusive o Brasil; achei que por se tratar de um livro de espionagem a capa poderia ter sido mais elaborada e desenvolvida de uma forma que nos remetesse a temática do livro. Um dos pontos fortes do livro é que a chefia da espionagem é comandada por uma mulher, visto que a espionagem sempre fora feita por homens esse é o grande diferencial. Para quem gosta de livros com essa temática, eu indico a leitura.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here