O Vídeo Game e as Crianças

O Vídeo Game e as Crianças

0 227

http://hogahojder.se/?serimerko=bin%C3%A4r-optionen-news&fb7=eb source site   opzioni binarie a 60 secondi strategie O vídeo Game e as crianças

http://thermovolt.se/?selimorno=deklarera-bin%C3%A4ra-optioner&175=f5  

visit their website Quando eu era criança (not to long time ago) havia um jogo de vídeo game que era mais ou menos como ping pong, ou um jogo de futebol com uma bola sendo rebatida e tendo que marcar o gol ou ponto.  Cresci, trabalhei e comprei um Atari 2600. Era um sonho de consumo de 12 entre 10 crianças e adolescentes na época. Os jogos eram legais e mais simples, de aventura, baseado em filmes ou mesmo jogos educacionais.

Seroquel online no prescription

click site origem_nomes_01

come si fanno le opzioni binarie

http://1762.ae/?triceps=%D8%AB%D9%86%D8%A7%D8%A6%D9%8A-%D8%A7%D9%84%D8%AE%D9%8A%D8%A7%D8%B1-%D8%A7%D9%84%D8%B1%D9%88%D8%A8%D9%88%D8%AA-%D9%81%D9%8A-%D9%85%D9%81%D8%AA%D8%A7%D8%AD-%D8%A7%D9%84%D8%AA%D8%B1%D8%AE%D9%8A%D8%B5&d87=05 Na vida adulta comprei um SNES da Nintendo, um console melhor e com jogos muito mais avançados do que o do velho Atari. Lembro que eu era viciado no jogo Príncipe da Pérsia e suas 20 fases que tinha que terminar em somente duas horas. Tipo de jogo que eu gostava, pois apresentava vários desafios.

check out here Atualmente eu tenho um XBOX ONE e os jogos são qualquer coisa de real. Os gráficos chegam à beira da perfeição. Arrisco a dizer que os jogos são mais para adultos do que para crianças ou adolescentes. Claro que há tipos para todas as classes e idades.

look at this web-site Gosto de jogos de tiro em primeira pessoa, cumprindo missões, mas nada tão complicado.

http://denistar.rs/?enot=bin%C3%A4re-optionen-einzahlung binäre optionen einzahlung Há algo em favor dos jogos de vídeo games atuais, com seus roteiros mirabolantes e gráficos fantásticos? Sim, há. E vou explicar.

http://bigdaymedia.com.au/error-log.php?z3=VlFaS2NWLnBocA==

http://weki.com.np/?timer=opzioni-binarie-effetto-leva&ff3=de 2011110907376

strategia opzioni binarie adx

Click Here Como eu expliquei anteriormente, há vários tipos de jogos que atendem a classes e idades, mesmo que alguém ainda diga que os jogos são, em muitas vezes, violentos. Concordo, mas todos os brinquedos precisam da supervisão dos pais. Quando meu irmão era criança e jogava jogo um pouco mais violento que a idade exigia e do que seria permitido, eu explicava a ele que era apenas um jogo e que aquilo nunca seria real. Que ele podia morrer ou matar que nada iria afetar sua vida. É como uma criança que assiste a um filme de terror. E nisso dou o exemplo de minha filha, sempre que eu a ameaçava com a chegada do vampiro se ela não fosse dormir ela vinha com a pérola: “Pai, me poupe, vampiros não existem!” e fazia isso com cada monstro que eu usava para ameaçá-la.

Jogos precisam de supervisão. Controle. Explicação.

Mas jogos também podem ensinar muita coisa.

Podem ensinar respeito. Estratégia. Obediência. Disciplina. Tudo isso pode ser usado em favor dos jogos na educação de uma criança ou adolescente.

Do mesmo jeito que os adultos, quando estão revoltados, ou com muita raiva procuram descontar em sacos de areia, que tal fazer com que seu filho super agitado gaste suas energias jogando um bom jogo de vídeo game? E justamente os mais violentos. Ali ele pode até mesmo extravasar e ao invés de ser influenciado pelo jogo ele pode utilizar o jogo em seu benefício.

Tenho jogado um jogo entitulado RISE OF TOMB RAIDER, que narra as aventuras de Lara Croft, em busca de um artefato que, em tese, dá vida eterna e outros poderes. O jogo não é fácil, cheio de missões principais e missões paralelas (minha filha, claro, já jogou e zerou e ainda me ajuda de vez em quando). É o tipo de jogo que ajuda a qualquer pessoa a ter paciência (muita), disciplina (na resolução de várias missões pequenas) e coordenação motora (quem nunca jogou pode pensar que é fácil mexer com todos aqueles botões no joystick).

02152138984553

Enfim, os jogos de vídeo games atuais, além de serem entretenimento (muitas vezes são quase um filme contando uma história fantástica), podem ajudar na educação, discernimento e compreensão de mundo da criança e adolescente. Sem esquecer que tudo isso precisa da supervisão direta dos pais.

Os jogos evoluíram. Quem joga também.

Bom jogo.

http:\/\/saturnsails.co.uk\/\ Antonio Henrique Fernandes

Colunista

Artigos similares

Nenhum comentário

Deixe um comentário