O último Homem do Mundo – Tais Cortez

0
540

Sinopse: Amanda é uma garota rebelde e problemática. Filha de Patrícia Oliveira, uma atriz mundialmente famosa, ela se ressente do comportamento da mãe, que trabalha demais e dedica seu pouco tempo livre para namorar. Depois de ser expulsa dos três últimos colégios, Amanda é matriculada contra sua vontade no Educação de Elite, o colégio interno mais renomado do país, onde apenas os filhos da elite nacional estudam. Determinada a conseguir mais uma expulsão, ela é capaz das maiores loucuras, mas seus planos acabam sendo frustrados por suas colegas de quarto, por uma inspetora intrometida e um diretor paciente. Lá ela também conhece Ricardo, o garoto mais popular e mulherengo do colégio. A atração entre eles é imediata, mas isso não impede que se odeiem ferozmente e que façam de tudo para prejudicar um ao outro. No entanto, o destino os forçará a unirem forças por um bem maior, e Amanda perceberá que, às vezes, o último homem do mundo de sua consciência pode ser justamente aquele que seu coração decide escolher.


Amanda é uma adolescente rebelde, ela tem problemas com a mãe pois acha que não recebe a devida atenção. Sua mãe prefere a carreira ao ficar com ela. Por causa disso ela já foi expulsa de três colégios. Patrícia, mãe de Amanda, vendo a situação da filha resolve coloca-lá num colégio interno, intitulado Educação de Elite, onde só tem filhos de famosos e empresários. Amanda se sente traída mais uma vez por sua mãe e vai fazer de tudo pra ser expulsa de novo.

Ao reparar no local ele vê que não é tão ruim assim e acaba desistindo da ideia. Ela conhece suas amigas de quarto e elas acabam sendo uma das causas dela desistir da expulsão. Junto com essas novas amigas ela conhece Ricardo, uma garoto mulherengo e o mais popular da escola. Eles se odeiam logo de cara, mas no fundo tem uma pontinha de amor ali.

O leitura é bem juvenil, mas tem temas muito importantes para a nossa juventude. Nessa história vi como os pais são importantes na vida de um filho, tanto pro bem quanto pro mau. Quase todos os alunos do colégio sentiam que seus pais não davam a devida atenção e cada um reagia de uma maneira.

A capa do livro é linda. A diagramação é simples. A folha é amarelada perfeita para leitura e a fonte está num tamanho maravilhoso. Vi alguns erros ortográficos, mas nada que atrapalhe a leitura.

Eu gostei do livro logo de cara, pois os personagens são bem carismáticos e nos fazem se apegar a eles. Adorei a mensagem que a autora passou de amizade, fidelidade companheirismo e amor. Uma leitura super indicada a todos que amam livros juvenis com muito conteúdo.

Resenha de Suelen Fernandes, resenhista do Arca Literária e do blog Era uma vez o Livro

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here