O reino todo amarelo – Palmira Heine

0
659

Biografia: Palmira Heine nasceu em Salvador, em 1976. É graduada em Ciências Sociais, História e Letras. É doutora em Letras pela Universidade Federal da Bahia e atua como professora universitária na Universidade Estadual de Feira de Santana. Além de um vasto trabalho com relação a temas ligados ao estudo de teorias textuais e discursivas, área na qual atua como professora universitária, a autora também tem se dedicado a escrever poemas e livros infantis Desde pequena escreve contos e poesias  e alguns deles foram publicados em diferentes coletâneas.  Vem se dedicando há algum tempo a escrever para crianças. Em 2005 escreveu seu primeiro livro infantil intitulado O pontinho desapontado, publicado pela Scortecci que contava a história de um ponto final que se sentia culpado por ter que terminar as coisas. Em 2007 escreveu em parceria com Kátia Rocha, o livro intitulado Meu planeta azul que falava sobre a importância do cuidado com a natureza, incentivando as crianças a se tornarem defensoras do meio ambiente. O livro, lançado pela Editora Humanidades foi adotado por diversas escolas soteropolitanas.  Em  2014  publicou o livro intitulado O reino todo amarelo, cuja história do reino colorido que, depois da chegada de um rei que não gostava das cores, torna-se todo amarelo, com viés poético e filosófico, tem encantado o público infantil. O livro procura trazer à tona o debate sobre a importância de se respeitar a diversidade e as diferenças. Em 2014 também lançou o livro de poemas intitulado Poemas de Alforria que reúne os principais textos poéticos produzidos em diversas épocas. Em  2015 lançou um livro intitulado  O autor é você que pela  Editora Scortecci, através do Selo Editorial Pingo de Letra.


Sinopse: O respeito à diversidade e às diferenças é fundamental para que possamos conviver num mundo mais justo e igualitário. Tais elementos, quando trabalhados sob o olhar da literatura infantil, auxiliam na formação do futuro cidadão, a partir da difusão de valores importantes para a constituição do sujeito. A partir do livro O reino todo amarelo, Palmira Heine fala, metaforicamente do importante respeito às diferenças e à necessidade de se respeitar as diferenças. Era uma vez um reino todo colorido onde as pessoas viviam felizes, até a chegada de um rei que não suportava o colorido e irá transformar o local num reino todo amarelo…. O livro pretende mostrar a importância do respeito às diferenças e à diversidade, a partir de uma linguagem simples, poética e atraente para crianças de quatro a oito anos. Adquira o livro aqui

Divulgue aqui também!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here