O Professor 1 – Tatiana Amaral

0
582

Toda garota já teve um professor por qual já foi apaixonada alguma vez na vida, né? Se você ainda não se apaixonou por professor nenhum, tenho certeza que, pelo menos uma vez na vida, conheceu alguém que já. Não é vergonha nenhuma admitir isso, eu mesma já dei vários “pegas” fictícios num professor de educação física que tive no ensino médio. Claro que ele nunca soube, mas é aquele ditado: “Quem não tem teto de vidro que atire a primeira pedra!”, hahahaha.

 Tatiana Amaral descreveu, com muita maestria, uma relação conturbada professor-aluna que você vai adorar, principalmente por que nossa protagonista, Charlotte, nunca tivera pretensão nenhuma com seu professor, Alex.

 Charlotte é uma estudante de letras/literatura em seu último período da faculdade, lutando pra passar no TCC, quando seu professor, Alex Frankli, a reprova. Aparentemente, ele não tem nenhum motivo para reprová-la, já que ela é realmente boa, tira notas excelentes e tem um trabalho realmente impecável. E ele, apesar de ser um dos melhores professores de literatura de sua universidade, é o que toda garota sonha: bonito, sarado, inteligente e muito bem sucedido. Mas Charlotte não está escrevendo qualquer romance… Charlotte se dedicou anos escrevendo um romance erótico, que não foi aprovado por ela não ter nenhuma experiência no assunto e descreveu os ‘detalhes’ de maneira tão fantasiosa que não convenceu ninguém.

 Chateada por ter sido reprovada, Charlotte resolve tirar satisfação com Frankli sobre o porque de sua nota. Chocada com o que ouve, ela sai em busca da tão famigerada ‘experiência’ e ele, claro, resolve ‘ensiná-la’ tudo o que precisa para que seu romance seja um sucesso.

 E aí? O que vocês acham que acontece agora?

 Dentre muitas brigas e protestos, o que era pra ser um acordo – já que Charlotte danou-se a fazer besteiras em busca da tal experiência – tornou-se uma relação quente e arrebatadora e, conforme Charlotte vai se conhecendo, aprendendo, seu livro vai tomando um rumo diferente e mais real.

 Eu amei o livro. Muito mesmo! A cabeça da gente viaja em cada descrita e é interessante a relação dos dois de uma maneira muito gostosa.

 A leitura é bastante fluida e a gente consegue acompanhar a história de uma maneira simples, por que não há rodeios. O melhor, na minha opinião, é que não há personagens chatos. Mesmo com toda a sua insegurança e dilemas, Charlotte não é uma personagem chata ou repetitiva.

 E se você já teve qualquer sonho erótico com qualquer professor, em qualquer fase da sua vida, vai amar a história, que é cheia de pontos altos.

signature

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here