O Orvalho da Corte

4
848

O Orvalho da Corte.

 

Fosse eu menestrel das cortes antigas faria uma linda canção para demonstrar como se conquista uma mulher. Com floreios e palavras difíceis cantaria que a mulher (toda mulher) não só merece mais do que o mundo. Merece sua atenção. Merece mais do que uma flor, enfim um jardim inteiro. Merece mais do que as gotas do orvalho que abraçam com serenidade o amanhecer de cada dia.

Não sou poeta, nunca fui, mas tenho que concordar que os poetas enchem de palavras bonitas quando tratam sobre o galanteio e conquista de uma mulher.

Muitos homens procuram justamente poesia, palavras bonitas ou rosas (em detrimento de outras flores tão bonitas e perfumadas quanto). A Corte, como dita antigamente, sempre foi um jogo mais intrincado do que xadrez, em que rolam alguns interesses. Sim, é claro que há interesses. De ambas as partes. Ninguém pode negar isso. Mesmo que o interesse seja apenas o de amar.

No mundo moderno, o galanteio, ou corte, baixou muito de nível, sendo considerado em muitas vezes cantadas baratas. E disso as mulheres estão cheias e cansadas de ouvir. Elas, inclusive, agora também partem para o galanteio, não sendo mais uma coisa totalmente masculina.

Mas, o que pretendo aqui expor é que muitas vezes o galanteio tem um alvo definido e uma meta mais definida ainda. Tal embate pode durar uma eternidade, ao mesmo tempo em que pode durar apenas alguns segundos. Isso varia da tática usada (ou ousada) de quem a pratica. E há um erro que muitos cometem após conseguir o que quer com sua corte.

Qual o erro, podem me perguntar?

Simples. Depois que conseguem o que querem esquecem de continuar fazendo a corte.

Se consideram uma mulher como uma flor ou um jardim inteiro, não percebem que tanto o jardim quanto a mais pura flor dependem de cuidados. Diários.

Ao se conquistar uma mulher, que em um primeiro momento, se quer ter a companhia para sempre, é preciso cultivar, aquecer, regar, e cuidar com todo carinho e amor, para que, como uma flor, ela dure, formosa e linda e que esse amor dure na mesma medida.

Não, não é só em dias especiais que a mulher deve ser lembrada. Dia da Mulher, Dia das Mães, Dia da Avó, Dia dos Namorados e outras datas comemorativas. Para a mulher que foi tão amplamente cantada e glorificada em poemas, bombos e buquês, esse reconhecimento tem que ser diário. Se não diário, mas com uma frequência maior que datas. Para que não reclame depois que a mulher esteja “gorda”, “desajeitada”, “feia”. A mesma mulher que fez você se sentir o homem mais feliz do mundo precisa do mesmo carinho e atenção de quando estava sendo feita a corte.

Não é porque já a conquistou que não deva mais agradá-la. O amor não é amplamente pleno se não a tratar bem a todo o instante. Não é porque agora ela é mãe que virou uma santa a ser posta em um altar. Ela continua sendo uma mulher e, como tal, tem os mesmos desejos de antes da gravidez, talvez até mais.

Claro que tem mulheres que, igual homens têm uns ogros, são um verdadeiro cacto, mais espinhos que flores. Aí cabe ao homem ter a inteligência de lidar.

E à mulher, o conselho é o mesmo, afinal estamos vivendo a modernidade, onde os direitos são iguais e a mulher também luta por aquilo que quer.

Antonio Henrique Fernandes

Colunista

 

4 Comentários

  1. Parabéns pelo texto.

    Realmente falta a corte, corte essa que significa conquistar, mas também manter a chama e o carinho acesos. Atualmente o ato da conquista está sempre e unicamente relacionado ao lado sexual, esquecendo-se que mais difícil que conquistar é manter a chama e o amor vivos, mediante o passar do tempo e o aparecimento das dificuldades.

    • Oi Lia,
      Obrigado, conquistar não é que seja fácil, mas como você falou está mais intrinsecamente ligado ao lado sexual, conquistou, largou. Em se tratando de relacionamento, manter a chama do que conquistou é muito mais difícil.
      bjs

  2. Mais um belíssimo texto e acima de tudo bem verdadeiro. Uma pena que a grande maioria esquece de fazer “a corte” ou até mesmo esquece de demonstrar seus sentimentos. Às vezes tudo se resolveria se as pessoas demonstrassem um pouquinho mais do que realmente sente e o que realmente quer. Enfim nem tudo é somente carnal, existe um coração que bate e sente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here