O Lago Negro – Juliana Daglio

0
336

Verônica Cattani não sabia de fato o que tinha acontecido com ela, se o que viveu era a mais pura realidade, ou feito da sua imaginação e isso a afetou.

Ela resolveu se mudar com seu namorado Enzo para Lagoa a, uma cidade interiorana onde iria para a faculdade, mas o que não imaginava era que existia uma cidade como aquela no Brasil.

“Em quinze minutos de uma viagem incomumente silenciosa avisamos o prédio da Universidade Federal Interiorana de Alagoana, com sua fachada de vidro e cúpula azul onde ficava q biblioteca, exatamente como dizia no folheto.” Pág 32

Enquanto Enzo estava entusiasmado com a faculdade, Verônica entendiada, querendo começar a escrever logo seu livro, colocar no papel tudo o que se passava em sua mente.

Ela queria desvendar os mistérios daquela cidade e tentar quebrar a resistência da população com relação as pessoas que v de fora, mas nas suas andanças acaba conhecendo Katarina e Vicente Caprini e a filha dele de 2 anos Lizandra.

Esse casal vive isoladores todos e Verônica queria saber o motivo, mas fica surpresa com o convite de tomar conta da filha deles, mas acaba aceitando.

Ela continua prosseguindo com seu livro e sua amizade com Carol, vai se fortalecendo ao mesmo passo que seu namoro vai esfriando e para piorar, algo trágico acontece mais vez em sua vida.

Liam, que se apresenta como jornalista, chega a cidade e  acaba desconfiado dele. Ele não sabe o motivo dessa desconfiança, mas se sente atraído com ela, mas em um encontro com seu pai Carlos Velásquez ( que é amigo de Andreas, pai de Verônica), ambos acabam descobrindo suas identidades e ele se compromete a sempre protegê-la.

Verônica sabe que tem algo estranho que envolve seu pai e continua investigando, mas aos poucos vai lembrando de alguma coisa e Liam estava ao seu lado.

Ela acaba correndo perigo, junto com a pequena Lizandra e Liam surta, indo atrás daquela que sempre habitou seus pensamentos e contou com uma ajuda nada convencional, descobrindo ainda mais coisas sobre o passado de Andreas.

Quando ela está se recuperando do ataque que sofreu, acaba descobrindo mais coisas sobre seu passado, através de Liam e sua avó, que a deixa atordoada.

Estava esperando para poder ler essa história por causa das continuações, mas confesso que me arrependo de não ter lido antes, pois a história é fascinante, cheia de altos e baixos e com a característica marcante da autora que é a parte da psicologia.

Outra coisa que me chama a atenção na obra é a parte da fantasia, muito bem explorada e que me fez ler o livro em um dia.

Os personagens são fascinantes, tanto os principais como secundários, mas tenho que destacar a determinação de Verônica, mesmo com seus fantasmas e a determinação e charme de Liam.

A narrativa da autora é única e vemos tudo pela visão de Verônica.

A revisão está falha em  momentos, mas nada que atrapalhe a leitura.

A capa e a diagramação estão perfeitas!

Que venha Submersão!!!

michelle ladislau

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here