O Advogado Maldito – Wilson Saad

0
533

Literatura policial e romances de tribunal me fascinam desde a minha adolescência. Já devorei livros do Jonh Grisham, Scott Turow, Harlan Coben entre outros autores. É o tipo de ficção que consegue me prender, principalmente quando bem escrita e com enredo envolvente.

“O Advogado Maldito” do escritor fluminense e também advogado Wilson Saad é a minha primeira boa experiência com autor nacional que se desafia a adentrar no mundo dos romances que trilham pelos caminhos dos processos jurídicos. E ele consegue fazer isso bem. O fato de a pessoa atuar na área não significa que ela seja bom romancista.

Narrado em terceira pessoa, o livro conta a história do experiente advogado Augusto Emaciel. Com 25 anos de profissão, Augusto já passou por inúmeras situações junto à sua extensa clientela. E ele decide que jamais voltaria a pegar qualquer caso que envolvesse vínculos pessoais ou sentimentais.

Contudo, numa determinada tarde ele recebe a visita de Maria Heloísa, uma antiga conhecida, esposa de um amigo seu, já falecido. A distinta senhora da alta classe do Rio de Janeiro solicita os serviços do Dr. Wilson. Ela precisa de um advogado para o seu filho Daniel Lordelli, de 19 anos. O jovem rapaz é o principal suspeito da morte de sua amante, Daniela.

O desenrolar da história vai mostrar como Wilson conheceu Maria Heloísa e Guilherme, seu esposo falecido. Trará revelações sobre a pessoa da Daniela. E todo o cuidado e preparo do advogado em provar a inocência do seu cliente, já que todos os indícios levam a crer que Daniel realmente é o assassino.

O desfecho da história é bem interessante, contudo é algo previsível para o(a) leitor(a) bem atento. Não tira o mérito da história, de forma alguma. A escrita simples faz com que a leitura flua de uma forma bem agradável. São 220 páginas que a gente consegue degustar com grande prazer.

A obra faz parte de uma trilogia. E eu sinceramente espero que os outros dois livros sejam tão bons ou até mesmo melhores que “O Advogado Maldito”.

Resenha de Renato Neres, resenhista do Arca Literária

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here