Morri para Viver – Andressa Urach

6
1534

Confesso que iniciei a leitura com o pé atrás, mas em poucos minutos mudei de opinião e só me satisfiz quando encerrei a leitura. “Morri para viver” não é apenas a biografia de Andressa Urach, é um relato, uma denúncia do submundo da prostituição e das drogas. Um livro com diagramação simples, imagens bem nítidas e coloridas, muito bem escrito, narrativa forte, mas não é vulgar.

 Nesta narrativa, Andressa conta a seu leitor todo o seu trajeto de vida. Desde o abuso sofrido na infância, a perda da virgindade com seu irmão de criação, sexo com animais, como e porque chegou até os bordéis e como se transformou na prostituta mais desejada do país e de praticamente todo o mundo.

 As artimanhas para chegar até a mídia, a falta de caráter, medo, drogas, prostituição, surras sofridas, relacionamento com sua mãe, rejeição do pai e relacionamento com seu filho, cada uma das 15 cirurgias plásticas realizadas em apenas quatro anos e meio. Tudo isso narrado de forma simples e muito emocionante. Sua participação na “Fazenda”, reality show da Rede Record, as brigas e baixarias causada pelo seu ego e ódio do mundo.

 Em “Morri para Viver” Andressa nos conta em detalhes seu relacionamento com famosos, em alguns momentos ela cita nomes como o do famoso jogador de futebol Cristiano Ronaldo, em outros momentos ela apenas cria uma espécie de codinome com as explicações de estilo de vida, profissão e idade que faz o leitor estipular de quem se trata.

 Uma biografia que choca ao nos mostrar que a busca pela beleza, perfeição e riquezas possa submeter alguém a tantas atrocidades e mutilações cometidas contra seu próprio ego, seu corpo, sua família, seu amor próprio. Uma busca pela autodestruição.

 O livro também narra o ápice de sua carreira quando é acometida por uma infecção gravíssima que a leva a um coma profundo. Sua experiência fora do corpo, seu encontro com Deus, a segunda chance, pedidos de perdão, arrependimento, corrida pelo autoperdão, renovo espiritual, uma nova mulher, uma nova filha, a reconciliação com seu filho Arthur, sua conversão ao meio evangélico e seu relacionamento com a Igreja Universal.

 Um livro sensacional. Uma biografia chocante e muito emocionante. Uma narrativa bem escrita e clara. Detalhes, muitos detalhes. Um livro que sem dúvida nenhuma serve de exemplo para muitas mulheres que tentam adentrar neste submundo movido por desespero, vaidade, ego ou sei lá mais o que… um alerta, um grito…

 Para os céticos, aqueles que não acreditam em tamanha mudança eu recomendo a leitura. Leia! É um livro que mostra até onde uma pessoa pode ir para alcançar fortuna e fama. É um exemplo daquilo que não é correto e de suas consequências. É o “pagar para ver”. Para aqueles que acreditam na conversão, na mudança de vida e que a fé em um Ser maior, Deus, este livro é um belíssimo testemunho de vida e mudança.

Resenha de Ceiça Carvalho

6 Comentários

  1. Esta resenha me colocou dentro da história contada nesse livro que passa a ser inevitável de ler. Parabéns Ceiça Carvalho, sua narrativa isenta de julgamentos e opiniões fez um resgate em mim.

  2. Bom, logo desde o começo que vi criticas a respeito de seu livro, fui logo pesquisando, também assisti a sua entrevista no Gugu e por pouco não chorei com seus relatos de sua vida sofrida e sua juventude dedicada a prostituição para conseguir manter seu filho e sua família, e a sua obsessão por fama um foi um fato que me marcou bastante, já que a maioria das pessoas querem ser famosas e conhecidas sem nenhum trabalho, mas, você fica tao obsessivo por essa fama, e ela te domina por completo, até você se ver no fundo do poço. Seus erros depois da retirada da parte do hidrogel foi marcante também, ao ser considerada em estado normal, logo foi pra casa, e ao ver os seus “amigos” indo para praia, ela decidiu ir também, e teve um infecção que agravou seu estado. Estou participando do sorteio para tentar a sorte e conseguir o livro da Andressa Urach, desde o dia que vi sua entrevista no Gugu, sempre tive essa curiosidade e comecei a seguir em todas suas redes sociais para ver o seu novo estado de espirito.

  3. Bom… eu não recebi com bons olhos esta biografia, mas depois de seu post me deu vontade de ler! Quero ganhar este sorteio!! rs

  4. Gostei muito da resenha. Me parece isenta de julgamentos, como deve ser. Tem tanta gente duvidando da conversão da moça, mas a autora do post fez melhor: leu para tirar as próprias conclusões. Se antes eu não tinha a menor curiosidade de ler o livro, agora tenho. Obrigada pela resenha.

  5. Ceiça amei a sua resenha. Eu vi uma entrevista dela com o Gugu e achei muito forte assim como na sua resenha a história das drogas, prostituição, e do encontro dela com Deus surpreendente . Curiosa pra ler o livro depois da sua fala que é emocionante.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here