Mocassins e All Stars – Clara Savelli

0
723

“Estranho é gostar tanto do seu All Star azul” Nando Reis

Essa leitura me surpreendeu em como poderia ser viciante. Só para ter uma idéia do que eu passei, li mais de 100 páginas no primeiro dia que só abri o livro pra “curiar”. Adoro livros no estilo check-list, aqueles que só vem contando o dia-a-dia dos personagens e consegue te prender sem precisar matar um personagem por câncer (risos).

Sinopse: Depois da morte de seu pai, Julie e sua mãe deixam NY e se mudam para Monterey, lar da avó materna que ela ainda não conhecia pessoalmente. Ela vai estudar no colégio mais caro e puxado da cidade, pra não comentar sobre os estudantes preconceituosos e superficiais. Aos poucos arruma grandes amigos, mas infelizmente o pacote vem com alguns inimigos. Tudo culpa de Arthur, que coloca Julie em situações problemáticas desde o dia que ela coloca os pés na escola. Entre mistérios, brigas e romances, Julie descobre algo sobre sua avó que muda o rumo de todas coisas. Tudo que ela queria era terminar o ensino médio e comprar uma moto, mas a vida não poderia facilitar tudo pra ela, poderia?

 Mocassins e AllStars, no titulo, me lembrou um trabalho que tive que fazer para a faculdade, a cadeira de “Cor e Imagem Digital”. Mas o que isso tem a ver? É que o ultimo trabalho dessa cadeira foi representar por imagem uma musica. E a musica do meu grupo foi “AllStars”. Pronto, agora sabem o motivo. E com esse motivo lindo, convido a todos dá o play no vídeo abaixo e acompanhar a resenha com musica de Nado Reis.

Apesar do livro não ter a ver com a musica (sendo que a primeira relação que eu fiz com a musica foi com a capa), a musica pode combinar em algumas figuras apresentadas. Como o All Star azul, que contrasta com o preto do cantor, que no livro também relaciona com Mocassins e AllStars, que retratam os personagens principais, não apenas eles, mas também a personalidade desses personagens. Afinal, o que você veste, mostra ao mundo suas ideais!

PS: Sem falar que a musica de Nando Reis fala sobre os encontros que ele tinha com uma outra cantora bem conhecida, que morreu e deixou saudades da amizade que eles tinham. Esse sentimento de carinho, amor, saudades também está presente ao longo de todo o livro de Clara Savelli.

Para entender por partes os livros, vamos ver o que são o Mocassin e o All Star. O Mocassim é um sapato mais tradicional, sem muitos detalhes, sem chamar atenção, em contraste com o All Star, que é conhecido por ser único, despojado, atraente, diferente e lutar pela individualidade em meio ao mundo que tenta fazer todos uma cópia. E é exatamente isso que os personagens são: a Julie, a garota All Star, é nova na cidade, onde todos já tem um padrão a seguir. Acaba se destacando por ser e pensar diferente das garotinhas que tem na cidade, e por ser assim chama tanta atenção para amizades como também para inimizades. O Arthur, do Mocassins, já tem uma família que preza pela imagem, ele sendo o garoto mais popular da escola, onde todas as garotas caem de amores por ele, acaba despertado pela atitude da novata.

Julie, mesmo passando por todos os problemas pessoais que a levaram mudar de cidade, acaba atraindo mais problemas em sua nova vida escolar, mas não a atrapalha em fazer amigos, sair como qualquer adolescente e claro, se apaixonar.

O problema é que ninguém disse que a vida é fácil. Mas também ninguém nos avisa o tamanho do “tapa de realidade” que ela vai nos dar. Porém qualquer problema é do tamanho que você o faz. Mocassins e All Stars também mostra o quanto nós adolescentes podemos fazer tempestade em um copinho d’água e que a vida não trás mais problemas do que é possível suportar.

O livro é uma dose de superação aos problemas que a vida pode nos apresentar, amadurecimento de uma fase da vida, que amores podem ser mais fortes e duradouros do que podemos pensar. Ensina-nos que podemos superar cada desafio apresentado, se estivermos com vontade de ser feliz e tiver o apoio de quem nos ama, mas que só depende de uma única pessoa no final de tudo: você mesmo. Sem a própria vontade de superar e caminhar pra frente, não adianta os outros tentarem te levantar, pois não se progride.

E é totalmente impossível não se emocionar com a história de Artur e Julie, esse casal tão fofo e perfeito que tiveram que superar vários problemas juntos (e olha que quando se pensava que os problemas tinham acabado, ainda aparece mais). Mas o amor supera tudo, não é essa a grande lição que a vida nos dá? Clara Savelli está de parabéns por escrever um romance, que além de distrair um pouco dos problemas diários que podemos ter, também nos dá uma lição de vida e superação de problemas.

Escrito por Miaka Freitas, resenhista da Arca Literária e do Blog Um Sofá À Lareira

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here