MM Aragão

0
797
  1. Fale-nos um pouco de você.

Somos o M.M. Aragão (Michel Chagas Aragão e Michael Chagas Aragão)  irmãos gêmeos, nascemos em 1992, São José dos Campos.

  1. O que vc fazia/faz além de escrever? De onde veio a inspiração para a escrita?

Trabalhamos na área de tecnologia de informação como analista de service desk e estudamos Ciências da Computação.

  1. Qual a melhor coisa em escrever?

A melhor coisa em escrever é ter um mundo próprio onde é possível criar leis e regras. Aquele mundo se torna seu e você pode compartilhar parte de seu pensamento quando leitores passam a ler seu material. É possível imaginar escritores como deuses desconhecidos que constroem mundos e tem controle sobre o destino de seus personagens.

  1. Você tem um cantinho especial para escrever? Geralmente escrevemos no quarto mesmo.

mm

  1. Qual seu gênero literário? Já tentou passear em outros gêneros?

Sempre escrevemos fantasia, mas estamos passeando entre o terror usando também a realidade como parte histórica da história.

  1. Fale-nos um pouco sobre seu(s) livro(s). Onde encontra inspiração para título e nomes dos personagens?

Em Não Leia! Contos de Terror temos o conto Caim, O primeiro Homicida que conta exatamente como Caim foi punido ao matar o irmão. Sempre adoramos utilizar a religião e estudá-la para escrever nossas histórias. Apesar de católicos temos a mente aberta para brincar com certas histórias tentando passar uma mensagem. Nos títulos procuramos sempre acrescentar um subtítulo caso seja um nome já utilizado. Caim apenas não transmitiria do que se trata a história. O Primeiro Homicida dá um tom mais dramático. Para os nomes utilizamos da religião e mitologia grega. Quando são nomes brasileiros tentamos trazer o significado do nome como um porque do comportamento do personagem.

  1. Qual tipo de pesquisa você faz para criar o “universo” do livro?

Procuramos tantos em links nacionais como internacionais porque geralmente fora do Brasil é possível encontrar mais material. Quando se trata de uma história da Bíblia, estudamos tanto em vídeos como o real significado daquela disputa entre irmãos. Existe um livro Enciclopédia dos Anjos que pegamos para mapear elementos presentes no conto Caim, O primeiro Homicida.

  1. Você se inspira em algum autor ou livros para escrever?

Sim. Stephen King, J. R. R. Tolkien, J. K. Rowling , Eduardo Sophr, André Vianco, George R.R. Martin.

  1. Você já teve dificuldade em publicar algum livro? Teve algum livro que não conseguiu ser publicado?

Sim. É mais difícil quando o autor não é conhecido e iniciante. Temos vários projetos parados por causa da faculdade e do trabalho, sempre há um espaço não preenchido.

  1. O que você acha do novo cenário da literatura nacional?

O novo cenário da literatura é muito mais abrangente onde temos várias ferramentas que antigamente dificultavam a publicação. As plataformas de publicação surgiram como uma luz no fim do túnel em que a tecnologia escassa antes não permitia a expansão. Temos a amazon, o clube de autores, o wattpad como bons exemplos de oportunidades. Porém assim como a tecnologia e o fácil acesso a informação ajuda, existe mais concorrência. Nós dizemos concorrência, pois uma editora é uma empresa que precisa de lucro e isso não impede de fazer exatamente o que é vantajoso. O correto é sempre criar um publico fiel que iria ler o seu material. Mesmo que seja pequeno o que realmente o escritor quer é ser lido e ter seu material avaliado.

  1. Recentemente surgiram vários pessoas lançando livros nacionais, uns são muito bons, outros nem tanto, outros são até desesperadores, o que você acha sobre este boom?

Esse boom torna às vezes o caminho mais difícil, pois vende o que é sucesso e esse sucesso hoje em dia não depende da qualidade. A viralização do youtuber, cantores, jogadores, seja o que for torna um produto mais fácil de ser adquirido. Se aquela pessoa que deseja lançar um livro já tem um grande público então o livro venderá bastante. Nós não culpamos a editora, pois são desses materiais que ela fatura e corre atrás do prejuízo, mas é importante frisar qual tipo de mensagem está sendo passada nesses livros. São jovens que não possuem opiniões formadas que estão adquirindo. É correto afirmar para ficar rico não precisamos estudar ou trabalhar, basta ser um youtuber? Isso é importante para nós.

  1. Qual sua opinião sobre os preços elevados dos livros nacionais?

Muitas vezes não sabemos todo o trabalho e investimento pela editora e do escritor que sofre na divulgação e vendas. É claro que o barato atrai mais clientes, mas nós temos ciência do duro trabalho do escritor e entendemos perfeitamente o valor atribuído.

  1. Qual livro você falaria: “queria ter tido esta ideia”?

Os treze porquês de Jay Asher que conta a história de uma menina que comete o suicídio e envia várias fitas com os motivos da sua morte. Nós achamos a ideia genial trazendo a importância de elementos do passado que se perderam com a tecnologia.

  1. Se tivesse que escolher uma trilha sonora para seus livros qual seria? (nome da musica + cantor)

Slipknot – SIC

  1. Já leu algum livro que tenha considerado “o livro de sua vida”?

Não passamos ainda por essa experiência.

  1. Você tem novos projetos em mente? Se sim, pode falar sobre eles?

   Atualmente estamos criando mais contos para concursos futuros e temos dois livros em andamento. “Anjo da Morte” e “O Caçador de Escuros”.

  1. Você acompanha as críticas feitas por blogueiros nas redes sociais? O que você acha sobre isso?

Acompanhamos e sem dúvidas se torna uma janela para visões diferentes. É possível encontrar e avaliar pontos que podem ser melhorados ou mesmo entender o que funcionou. É sempre bom ouvir um comentário construtivo que nos ajude sempre a crescer.

  1. Se pudesse escolher um leitor para seu livro (escritor, alguém que admire) quem seria?

Newton Rocha Nitro, escritor, professor de letras e youtuber. Seu material em vídeo aulas são espetaculares e ter uma opinião critica seria sensacional.

  1. Qual a maior alegria para um escritor?

Compartilhar ideias que são parte de sua essência para todos.

  1. Deixe uma mensagem a nossos leitores e para aqueles que estejam iniciando no mundo da escrita literária.

Qualquer seja o caminho que vocês queiram seguir, não desanimem, pois os obstáculos quando ultrapassados se tornam material para crescimento e amadurecimento.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here