Meu Maior Presente – Mila Wander

5
689

Meu Maior Presente é um livro muito interessante, conta a história de Lucas, um rapaz que foi adotado pelo casal Heloisa e Levi aos nove anos, após passar sete anos em um orfanato. Logo após a adoção de Lucas, Heloisa engravida dando à luz a uma garotinha encantadora que viria a se chamar, Mel.

 Lucas e Mel sempre foram muito unidos e apesar da diferença de idade de dez anos que os separava, eram mais que irmãos, eram amigos e um confiava plenamente no outro. Tudo corria bem, até que Lucas e Mel começaram a perceber que o sentimento que os unia era muito forte, porém bastante diferente de um amor de irmãos. Lucas passa a tentar se livrar desse sentimento, não o compreendia direito e após um beijo, resolve mudar-se para o Canadá, deixando tudo para trás e com um único propósito, tirar do peito aquele amor impossível e deixar que sua amada Mel pudesse ter uma vida normal, sem a carga de estar apaixonada pelo próprio irmão.

 Todos sofrem muito com o distanciamento do rapaz, Heloisa e Levi sentem muito a falta do filho e ainda sofrem com a mudança drástica de comportamento da filha que não aceita ter sido deixada pelo seu grande amor. Mel passa a sofrer calada e desenvolve comportamentos muito diferentes daqueles que a jovem sempre desempenhou. No Canadá,  Lucas não obtém sucesso em sua tentativa de esquecer aquele amor e após muito sofrimento, saudades e pedidos dos pais, resolve voltar ao Brasil com a incumbência de tentar trazer para a família a doce Mel, que a essa altura tornou-se uma jovem triste e revoltada.

 Meu Maior Presente é um livro muito interessante, trata de um tema difícil, mas a autora consegue desenvolver uma atmosfera bem tranquila, a história não é pesada e sua forma de escrever faz com que o leitor torça pelo casal. No início da leitura fiquei um pouco tensa, pois pensei que seria difícil finalizar o livro, afinal, apesar dos personagens não serem irmãos de sangue, eles foram criados como tal e o incesto é um tema muito difícil, bem complicado, mas a autora conseguiu envolver a história em um clima bastante agradável.

O livro possui uma capa muito delicada, tem folhas amareladas, letras em um tamanho adequado para uma boa leitura, possui 349 páginas, não é um livro pequeno, tem um tamanho razoável, mas a história é muito interessante, leve, aguça a nossa curiosidade e faz com que desejamos saber qual o final da história, afinal, parece ser uma situação sem solução. Desde a capa, para mim a autora passou uma mensagem sobre a importância da família, do amor, da compreensão e da aceitação, pois vemos durante toda a história a preocupação que o Lucas e a Mel possuem com os pais, com os sentimentos dessas duas pessoas que os amam mais do que tudo e que certamente ficariam muito assustados caso esse amor viesse à tona.

 A história não se desenvolve apenas ao redor dos personagens principais, somos apresentados a ex mulher do Levi, que por sinal é uma louca, o filho dela que namora um tempo com a Mel e é um rapaz muito legal, a mãe biológica do Lucas que surge em um momento muito importante, trazendo para a história a importância do perdão e de se colocar no lugar do outro e tentar compreender os motivos que levam cada um a tomar determinadas decisões.

Achei a história boa, apesar do tema que causa sim, bastante estranheza, a autora consegue desenvolver a história em um ritmo bom, eu confesso que gostaria de ter visto os sentimentos do Lucas e da Mel serem descobertos antes do momento em que aconteceu, talvez para ter um pouco mais desse casal, de como eles se comportariam, mas creio que a autora optou por fazer de uma forma que mantivesse o impacto positivo sobre a história, afinal é um tema delicado e que qualquer deslize poderia assustar o leitor, mas a autora não deixou que isso ocorresse em nenhum momento e trouxe uma história com início, meio e fim, sem situações mal resolvidas e com foco no amor.

 Indico esse livro para quem gosta de história de amor e que estejam dispostos a iniciar uma leitura sem preconceitos, com o coração aberto e com atenção a cada detalhe da história, sem desempenhar o papel de juiz e sim de um observador que se deparou com uma situação diferente, cheia de obstáculos, mas que traz o amor como o centro de tudo.

 Até breve…

signature

5 Comentários

  1. Interessante a obra em si, a resenha também está ótima.
    Não gosto muito de romance, mas como tem um tema difícil, pretendo comprá-lo.
    Parabéns para a autora e a resenhista.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here