Margaret Peterson Haddix – Os filhos das sombras – Um deles – Livro 1

0
514

Em um mundo distópico Lucas é o terceiro da família, um filho proibido pelo governo devido ao controle da população que se iniciava, mas seus pais resolveram tê-lo às escondidas e desde então mantêm o menino preso dentro de casa, ninguém sabe da existência dele.

 “Havia uma lei contra Lucas. Não especificamente contra ele, mas contra todos como ele, crianças que nasceram após os pais já terem tido dois filhos.”

 Lucas está com 12 anos quando o governo resolve demolir o bosque na frente de sua casa e construir lindas mansões, o que faz com que Lucas não possa nem mais ficar no quintal, com a casa completamente exposta, Lucas vira um prisioneiro em sua própria casa.

 Lucas dentro de seu cárcere privado no sótão resolve espiar pelas brechas da janela a vida de seus novos vizinhos para passar o tempo, quando a acaba descobrindo uma terceira filha que vive escondida dentro de casa, igual a ele. E eis que ele tem a brilhante ideia de tentar falar com ela quando ambos estiverem sozinhos em suas casas. E então ele e Jen acabam se conhecendo após ele invadir a casa da menina, e após ela descobrir que ele também é um terceiro filho, um filho das sombras igual a ela, eles irão iniciar uma bela amizade. Jen é muito mais sábia que Lucas, ela sabe muita coisa sobre o mundo e o motivo de tanta crueldade. E então irá emprestá-lo para que ele fique mais a par de tudo que tá acontecendo.

 “Lucas gostaria de ter tido coragem de perguntar sobre a Lei de Controle da População, sobre as crises de escassez de comida ou mesmo sobre alguma história de família.”

 Lucas e Jen não são os únicos filhos das sombras, existem muitos outros espalhados e vivendo às escondidas e Jen por ser de família rica conhece alguns deles e pretende arrastar Lucas e todos os outros para os seus planos malucos e corajosos, tentando acabar com a lei de Controle da População para que possam viver livremente. Será que Lucas irá ceder? Será que junto os filhos das sombras, adolescentes e crianças irão conseguir convencer o governo a acabar com tamanha crueldade?

“-São pessoas como você que mudam a história. (disse Jen)

-Gente como eu… apenas deixa as coisas acontecerem.(respondeu Lucas)”

Logo de cara eu já me interessei por este livro, a sinopse me deixou louca por ele apresentando uma realidade distópica, que não é nada improvável que possa vir acontecer futuramente se houver um excesso de população no mundo, ocasionando escassez de alimentos e levar o governo a tomar medidas tão drásticas para controlar o caos e quem sabe a extinção humana da Terra.

O livro aborda bem esse tema onde o governo consegue controlar o aumento da população, porém de uma forma bastante cruel, o leitor verá muita injustiça dentro da trama, um governo cruel que beneficia os mais ricos e prejudica os mais pobres, por exemplo, as comidas conhecidas como Junk Food (batatas fritas, hambúrgueres etc.) que foram proibidas, ainda continuam a existir na clandestinidade para os magnatas. As pessoas não podem ter mais animais de estimação, por conta da comida. Para que uma família possa ter um terceiro filho deve pagar uma fortuna de multa, se ela não tiver a criança vai à execução.

O livro não só atendeu como superou minhas expectativas, o final me deixou muito ansiosa pela continuação, agora só me resta aguardar. Recomendo muito a leitura, rápida, leve e ao mesmo tempo impactante.

 Resenha de Danielle Peçanha, resenhista do Arca Literária e do blog Minhas Resenhas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here