Marcos DeBrito

0
573

1- Nome. Marcos DeBrito

2- Idade. 38

3- Local de nascimento. Florianópolis

4- Estado civil. Muito bem casado

5-Apelido. Profissionalmente me chamam de DeBrito. Na infância era “Marcão”

6- Uma cor. Preta (existe outra?)

7- Sucesso é? Efêmero.

8- Autor (a) preferido (a). Álvares de Azevedo (e Edgar Allan Poe)

9- Livro da sua vida. Macário (e o conto O Corvo)

10- Seus Leitores são? Muito generosos com meus textos.

11- Gênero que jamais leria? Hot ou romântico. Nada contra, mas não são pra mim.

12- Sua maior qualidade? Criatividade, eu acho.

13- Seu maior defeito? Obsessão. E achar que obsessão não é defeito.

14- Sua atividade favorita é? Criar histórias.

15- Uma frase. “Nunca mais.”

16- Viagem dos sonhos. Voltar para a Itália, desta vez com a esposa e filhos.

17- Felicidade é? Ser valorizado em todas as esferas.

18-Campo ou cidade? Cidade. Preciso do caos.

19- Dom que gostaria de ter? Ficar satisfeito por mais tempo com as conquistas.

20- Música preferida. Gótica dos anos 80. Depeche Mode, mais especificamente.

21- Blogueiros são? Importantes e necessários para escritores.

22- Um animal. Felinos, no geral. Mas em casa, gatos.

23- Uma mania. Mania de perseguição e achar que sempre estou atrapalhando.

24-Comida preferida. Não saberia dizer apenas uma, ou duas, ou dez…

25- Bebida preferida. Café. Muito café.

26- Um sonho. Tento enxergá-los como metas a serem alcançadas.

27- Um medo. O maior deles: a morte.

28- sua maior conquista. As que eu não planejava quando pequeno. Ser escritor publicado é uma delas. Sempre quis ser cineasta, desde que me lembro. Então considero as conquistas nessa área uma consequência da perseverança.

29- uma palavra. Obsessão.

30- um ídolo. Muito brega dizer meu pai? Pois é a verdade.

31- quem você gostaria de ser se não fosse você mesmo? Minha esposa, pra saber como é viver comigo.

32- qualidade em uma mulher. Falar pouco, presumindo que a inteligência é inerente.

33- qualidade em um homem. Inteligência, presumindo que já fale pouco.

34- Onde gostaria de estar agora? Respondendo a esse questionário.

35- Religião é? Motivo de briga e discórdia baseada em algo invisível.

36- O que mais aprecia nas pessoas? Saber quando não dar opiniões.

37- Inveja é? Presente em todas as pessoas, por mais que a neguemos.

38- Como gostaria de morrer? Eu não gostaria de morrer.

39- Se você tivesse um único pedido a ser realizado, qual seria? Ser imortal.

40- Olfato, tato, audição ou paladar? Audição, porque “visão” não foi mencionada.

41- Comida que jamais comeria. Na fome, não negaria nada.

42- Um sonho de consumo. Seria algo fútil… uma Lamborghini.

43- Dia ou noite? É na noite que as criaturas aparecem.

44- Balada ou filme? Filme, série, videogame, cama… não sou de balada.

45- Preconceito é? Algo que precisa ser extinto.

46- Em qual ocasião você mente? Para não magoar outra pessoa.

47- Já traiu? Nunca. Casei com a primeira e única mulher que beijei.

48- Já foi traído? Não. Somos muito parecidos.

49- Perdão é? Algo difícil de dar e de receber.

50- Como é um beijo bom? Com alguém que você ama.

51- A primeira vez foi…? Com a pessoa certa.

52- Vale tudo entre quatro paredes? Apenas se for de comum acordo.

53- Dinheiro é tudo? Não. Mas é muita coisa.

54- sexo ou fazer amor? Pra mim, não existe um sem o outro.

55- Filme preferido. Enter The Void, do Gaspar Noé.

56- esporte, jogos de tabuleiro ou online? Squash. Todos os dias.

57- físico ou digital? Se for livro, físico.

58-  acessórios eróticos, já usou? Não e não acho que usaria.

59- pior cantada recebida? Não lembro de já ter recebido alguma cantada, nem de dar uma.

60-dar ou receber? Depende do quê…

61-você x por você mesmo. Um paradoxo ambulante. Determinado, porém pessimista. Insatisfeito, porém realizado.­

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here