LER: Um Eterno Exercício

0
563

LER: UM ETERNO EXERCÍCIO

 

 

Desde que o homem passou a decifrar sinais, gráficos ou não, a necessidade da leitura virou uma constante em sua vida, em nossas vidas. É praticamente impossível encontrar alguém que não tenha lido ao menos um livro em sua trajetória neste planeta. Ainda que tenha iniciado as leituras com histórias em quadrinhos, como foi o meu caso, lembrando que estas são apenas histórias com gráficos, uma forma de contar algo através de desenhos.

 

Com certeza já conheceu alguém que vive dizendo que lê até bula de remédio, não é mesmo? É dessa necessidade que estou falando.

 

Nos dias de hoje a leitura faz parte de nossas vidas. É intrínseco do ser humano, pois com a leitura vem o aprendizado. E, convenhamos, nosso país capenga na leitura. Não há investimentos e nem incentivo à leitura. Dizem que um país cresce quando o seu povo lê. Ler é conhecer, saber, discernir, entender. E um povo tem fome de ler.

 

E nada melhor que um bom livro para que se possa saciar a fome de ler, seja qual for a categoria e estilo. E arrisco a dizer que uma pessoa que lê, é mais feliz, pois agrega cultura e conhecimento em sua vida. Mesmo que sejam leituras obrigatórias, como na maioria das vezes em escola ou faculdades.

 

Evidente que ler um romance seria melhor, além do que a cada leitura nossa imaginação voa. Quem nunca ficou imaginando como seriam os seus personagens em carne e osso? Fora as pessoas que se apaixonam por eles, ou odeiam, no caso de vilões.

 

Na esteira da modernidade o livro se tornou digital e, desta forma, aumentou as chances de uma leitura em qualquer nível e situação, já que com o seu leitor digital praticamente se carrega uma biblioteca inteira, em apenas um objeto. Mas substitui aquele cheirinho e o charme de um livro físico? Talvez. Acredito que há possibilidades de caminharem juntos. A união do antigo com o novo.

 

Basta que estejamos preparados para isso.

 

 

Antonio Henrique Fernandes Neto

Colunista

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here