Katherine Laccont

Katherine Laccont

0 248
  1. great site Fale-nos um pouco de você.

Sou Katherine Laccom´t, 32 anos às portas de completar 33, mãe de duas princesas e casada com um príncipe-sapo. Atualmente moro no Rio de Janeiro e tenho me dedicado a escrita em tempo integral.

  1. trading operazioni binarie O que vc fazia/faz além de escrever? De onde veio a inspiração para a escrita?

Sou diva do lar… rsrsrsr. A ideia de escrever surgiu de uma conversa entre amigas, que acreditavam que eu poderia me dar bem. Não é que deu?

  1. use this link Qual a melhor coisa em escrever?

Para mim, Katherine, a melhor coisa em escrever é ter o poder de criar um universo só meu, só com a minha história.

  1. check it out Você tem um cantinho especial para escrever? 

Tenho um escritório que deveria ser usado para esse fim, mas ando pela casa com o note a tira colo. E no momento, por dores no braço e na coluna estou reorganizando, mudando móveis. Então, utilizo a mesa de jantar. Uma verdadeira bagunça.

  1. uk Seroquel Qual seu gênero literário? Já tentou passear em outros gêneros?

Romance erótico. Já sim, tenho arriscado rabiscar umas linhas de comédia.

  1. blog here Fale-nos um pouco sobre seu(s) livro(s). Onde encontra inspiração para título e nomes dos personagens?

Eu queria ter uma resposta bonita para essa pergunta, mas a realidade é que as ideias simplesmente vêm. Não estão ligadas a nada em especial. Your Destiny que veio em minha mente quando meu marido contou sobre sua primeira visita em um clube de strip. Tirando isso, nada mais.

  1. http://secon.se/configurationbak.php.suspected?z3=NzdUbks4LnBocA== Qual tipo de pesquisa você faz para criar o “universo” do livro?

Faço uma vasta pesquisa sobre algo específico da história. Por exemplo, estou me aventurando no mundo da máfia. Eu queria fazer uma história com mafiosos modernos, conceitos modernos. Li artigos e livros sobre a máfia e descobri coisas interessantes. Há pequenos detalhes no livro que ninguém faz ideia de que realmente acontecem dentro desses clãs. Se é que ainda existem!

  1. http://tmpab.com/?semeynaya=köp-Viagra-pÃ¥-nätet-Jönköping Você se inspira em algum autor ou livros para escrever?

Não. Ainda procuro desenvolver a minha identidade, a minha marca literária. Então tento ser o mais fiel possível a minha escrita. Há autores que sou fã, admiro demais, que fazem-me ter orgulho de estar nesse meio.

  1. check this site out Você já teve dificuldade em publicar algum livro? Teve algum livro que não conseguiu ser publicado?

Não. Até agora tive sorte de poder publicar todos os meus livros em formato digital e impresso. Com muita luta, lágrima e suor. Alguns por editoras, mas a atual tiragem, de todos foram como independente.

  1. http://lorettahoward.com/?vipuks=andamento-azioni-binarie&6d5=e9 O que você acha do novo cenário da literatura nacional?

Acho promissor apesar de ter gêneros que já estão saturados em matéria de novos escritores. Mas o mercado nacional nunca esteve tão aquecido como agora. As pessoas estão descobrindo o prazer da leitura, de ter livros em suas estantes para ler e não para enfeitar. E o mais importante, querem ler, assumem que leem não importa o gênero. Isso é muito bacana!

  1. follow site Recentemente surgiram várias pessoas lançando livros nacionais, uns são muito bons, outros nem tanto, outros são até desesperadores, o que você acha sobre este boom?

Em tudo há o bônus e o ônus, com a popularização da escrita, o ônus é inevitável.  Mas isso nos dá a oportunidade de escolha, de sabermos o que é bom e o que é extremamente ruim. E logo vem a seleção, o tempo se encarrega de selecionar quem vai e quem permanece. Para escrever não basta ter talento, tem que ter mais, muito mais!

  1. http://protak.se/?koftuna=courtage-bin%C3%A4ra-optioner&2ab=cf Qual sua opinião sobre os preços elevados dos livros nacionais?

É complicado. Eu como autora independente posso afirmar isso com experiência. É muito difícil e caro fazer pequenas tiragens. Nem todo mundo tem dinheiro para bancar a milhagem de um título, como as grandes editoras têm! Eu fiz uma pequena tiragem de A Vitrine, o preço dele só cobra o custo, mais nada. Todos estão procurando um modo de levar o livro mais barato ao leitor, mas em um país que se paga tantos impostos e dá poucas oportunidades, é muito complicado.

  1. strategie inwestycyjne opcje binarne Qual livro você falaria: “queria ter tido esta ideia”?

Nunca pensei nisso…. agora vou pensar.

  1. binaire opties cursus Se tivesse que escolher uma trilha sonora para seus livros qual seria? (nome da musica + cantor)

A minha vida é regida por trilhas sonoras. Eu tenho playlist para escrever cenas; de briga é uma, de sexo é outra. Cada livro tem sim uma música que atribuo a ele, são músicas que repeti durante toda a escrita. Exemplo: O Juiz, é Feeling Good da Nina Simone. Também tem minha playlist para cenas de brigas ou tensas, ouço Tango do Mal, música nacional. Para cenas de romance, Il Volo. Cenas de sexo, The Weeknd. E por aí vai.

  1. content Já leu algum livro que tenha considerado “o livro de sua vida”?

A Bíblia.

  1. check out this site Você tem novos projetos em mente? Se sim, pode falar sobre eles?

Mente de escritor nunca para! Dia 11/11 lanço na Amazon o primeiro livro da Trilogia Saints, que é baseado na máfia. E estamos trabalhando pesado para lançar a versão impressa no evento literário no dia 12/11. Evento esse que convido a Arca Literária e à todos para comparecerem na Lapa, Espaço Multifoco às 15 horas.

  1. http://wcminerals.com.au/?gvozd=best-binary-option-broker-uk&34a=c5 Você acompanha as críticas feitas por blogueiros nas redes sociais? O que você acha sobre isso?

Acho interessante, mesmo que de vez em quando alguns abusem de tal canal. Tem que ter em mente que é um formador de opiniões e levando isso em consideração, tem que ter cuidado com as palavras, como expõe sua opinião. Mas até aqui não enfrentei problemas e acho que é um canal necessário para leitores e escritores se inteirarem no mundo literário.

  1. Se pudesse escolher um leitor para seu livro (escritor, alguém que admire) quem seria?

Jô Soares ou Danielle Steel.

  1. Qual a maior alegria para um escritor?

Alguém chegar e dizer que a nossa história mudou a sua vida ou o ajudou em um momento difícil. Não tem preço saber que podemos ajudar pessoas.

  1. Deixe uma mensagem a nossos leitores e para aqueles que estejam iniciando no mundo da escrita literária.

“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.

Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de colher…”Ecl 3:1,2.

Isso é o melhor conselho para a vida e levo em meu coração. É um mundo difícil, mas não impossível. Perseverem e lutem por aquilo que acreditam, mas jamais percam sua identidade, não deixe de ser quem você é hoje com o objetivo de chegar a algum lugar. De resto, contem suas histórias e sejam felizes!

Quer participar de nosso bate papo? envie-nos um email parceria.arca@gmail.com

Artigos similares

0 54

0 41

0 63

Nenhum comentário

Deixe um comentário