Joyce Romano

0
585

1. Fale-nos um pouco de você.
Me chamo Joyce Romano, sou paulista, sempre gostei de ler desde pequena e isso sempre chamou minha atenção, eu lia livros infantis como “A baleiazinha” até ficção científica como Sherlock Holmes.

2. O que você fazia/faz além de escrever? De onde veio a inspiração para a escrita?
Sou estudante de Nutrição e gosto muito de design e arte. A inspiração para escrever para mim vem em momentos aleatórios, um nome, um lugar, coisas assim vem a mente e assim poderá surgir um enredo ou até uma história completa.

3. Qual a melhor coisa em escrever?
Criar um mundo só seu, estimular a criatividade e se envolver com os leitores e as impressões que eles tem quando lêem algo que você desenvolveu. É algo único essa troca de experiência.

4. Você tem um cantinho especial para escrever? 

Não

5. Qual seu gênero literário? Já tentou passear em outros gêneros?
No momento é infanto-juvenil pois tenho facilidade em desenvolver histórias, enredos e personagens nessa temática. Sim! Já tentei escrever fantasia e ficção científica e tenho planos de desenvolver algo no futuro.

6. Fale-nos um pouco sobre seu (s) livro (s). Onde encontra inspiração para título e nomes dos personagens? Meu livro fala sobre uma jovem chamada Bianca Agnaldi, ela é violinista e apaixonada por música, quando um reality show chamado Glow chega ao Brasil e ela se vê tentada a participar para tentar realizar seu sonho de ser violinista profissional. Eu pensei em nomes comuns brasileiros para os meus personagens, e para o título do livro quis enfatizar os sonhos, e achei que Glow (brilho em inglês) seria um bom título já que quero destacar que os personagens brilham com seus respectivos talentos.

7. Qual tipo de pesquisa você faz para criar o “universo” do livro?
Gosto muito de ler blogs que falam sobre literatura, ouvir músicas, e pesquisar bastante sobre os lugares que quero escrever.
glow
8. Você se inspira em algum autor ou livros para escrever?
Sim, eu gosto muito de Paula Pimenta, Jenna Evans Welch, Bruna Vieira.

9. Você já teve dificuldade em publicar algum livro? Teve algum livro que não conseguiu ser publicado?
Sim, já enviei a sinopse do livro para diversas editoras e o livro foi rejeitado ou até mesmo por questões financeiras não foi possível negociar a publicação.

10. O que você acha do novo cenário da literatura nacional?
Acredito que hoje as oportunidades estão sempre em expansão, existem muitos meios de se disseminar a literatura, tantos nas redes sociais ou em blogs e até mesmo em livros impressos. E isso é muito bom pois quanto mais se lê mais imaginação, criatividade e conhecimento se adquire em diversos gêneros de livros.

11. Recentemente surgiram várias pessoas lançando livros nacionais, uns são muito bons, outros nem tanto, outros são até desesperadores, o que você acha sobre este boom?
Com a internet e principalmente blogueiros e youtubers ganhando fama resultou em mais livros que vem sendo lançados por eles inclusive, e isso me chama atenção porque pode incentivar a literatura.

12. Qual sua opinião sobre os preços elevados dos livros nacionais?
Acho um ponto negativo pois nem sempre é possível comprar um livro se o preço estiver muito alto, sou a favor de preços mais acessíveis definitivamente para que mais pessoas possam ter acesso.

13. Qual livro você falaria: “queria ter tido esta ideia”?
Com certeza Harry Potter, admiro muito a J.K. Rowling e em como ela criou um universo a parte através dos livros e virou um clássico.

14. Se tivesse que escolher uma trilha sonora para seus livros qual seria? 
All Night – The Vamps There’s nothing holding me back – Shawn Mendes I’m yours – Alessia Cara

15. Já leu algum livro que tenha considerado “o livro de sua vida”?
Já li muitos livros, mas um que amo é “Amor & Gelato” da Jenna Evans Welch, virou um favorito e foi amor à primeira vista quando li a sinopse na livraria.

16. Você tem novos projetos em mente? Se sim, pode falar sobre eles?
Sim, pretendo dar uma continuação ao livro Glow: O sonho começa dando sequência a história da Bianca e do Felipe contando um pouco mais sobre o passado deles e o que eles se tornaram.

17. Você acompanha as críticas feitas por blogueiros nas redes sociais? O que você acha sobre isso?
Sim, sempre que posso gosto de assistir resenhas de livros pelo Youtube. Acho super bacana essa interação com o público e acabo até adquirindo novos títulos para mim caso goste do livro resenhado.

18. Se pudesse escolher um leitor para seu livro (escritor, alguém que admire) quem seria?
Paula Pimenta, adoraria que ela lesse e me contasse o que achou do meu livro, porque ela tem essa personalidade sonhadora assim como eu. Me identifico muito com os personagens dela.

19. Qual a maior alegria para um escritor?
Criar para que os outros possam ler e se identificar, isso para mim é algo único e que pretendo continuar fazendo.

20. Deixe uma mensagem a nossos leitores e para aqueles que estejam iniciando no mundo da escrita literária.
Agradeço muito a todos vocês que leram ou que vão ler o meu livro, e se você deseja escrever minha dica é pesquise blogs que falem de literatura e de como desenvolver uma história, criar personagens e outras coisas desse tipo, leia muito, e faça rascunhos a prática leva a perfeição

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here