José Pires Carvalho

0
555

José Pires Carvalho (1932-2001) foi um escritor brasileiro.
José Pires Carvalho (1932-2001) nasceu em Avaré, São Paulo, no dia 1 de setembro de 1932. Filho mais velho do suinocultor Osório Carvalho e da professora Izabel Pires Carvalho. Iniciou seus estudos no antigo Externato São José. Formou-se no magistério na Escola Coronel João Cruz. Formou-se em Direito em Bauru.
Em 1959 elegeu-se vereador e foi o primeiro a lutar pela instalação de uma faculdade na sua cidade natal, defendendo a causa nas páginas do jornal “A Tribuna”, que fundou e dirigiu com apoio da família. Mudou-se para Taquarituba, onde por dez anos dirigiu a Escola “José Pena”.
Em 1973, já bacharel em pedagogia, mudou-se para a Capital para trabalhar na Procuradoria do Estado, em vaga conquistada por concurso público. Era primo e conterrâneo do memorialista Jango Pires. Depois de sua aposentadoria passou a se dedicar à pesquisa da memória regional. Nos últimos anos publicou três livros sobre a história local: dois volumes intitulados “Avaré – Sua Gente, Seus Fatos” (1995 e 1998) e o conto “O Homem da Roça” (1996).
Fundou a Editora Arcádia e empenhou-se na publicação de vários livros de autores nascidos em Avaré, como Gesiel Júnior, Joaquim Negrão, José Leandro Franzolin e Flora Bocci. Não teve tempo de publicar seu último trabalho, intitulado “30 Contos”.
Em 1999, José Pires Carvalho recebeu o título de “Cidadão Benemérito” da Câmara de Vereadores e foi escolhido para ingressar no Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, indicado pelo presidente da Academia Paulista de Letras, o conterrâneo Israel Dias Novaes.
José Pires Carvalho morreu em São Paulo, no dia 31 de julho de 2001.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here