Isabel Pitta – Danadinha

0
595

Biografia: Isabel Pitta nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Muito jovem, escreveu diversas peças radiofônicas apresentadas na Rádio Farroupilha, na década de 1960. É autora da peça teatral “A Viuvinha”, apresentada pela então TV Gaúcha.
É formada em jornalismo pela UFRGS. Cursou dois anos do primeiro curso de Arte Dramática, criado na mesma universidade.
Foi colaboradora do jornal Correio do Povo e da Revista do Globo na capital gaúcha. Trabalhou como jornalista em assessorias de imprensa e comunicação social em órgãos governamentais do Rio Grande do Sul e da Prefeitura de Porto Alegre.
No Rio de Janeiro, onde residiu dez anos, atuou como jornalista em órgãos do Governo Federal, e foi colaboradora de diversas revistas, como Pais & Filhos.
É autora, em parceria com Marlene Canarim Danesi, do livro Retratando a Educação Especial em Porto Alegre, publicado em 2000 pela EDIPUCRS. Além de dados históricos da criação de serviços, o livro aborda muitos outros aspectos e reflexões sobre a situação das pessoas portadoras de deficiência.
Em 2014, lançou o livro Reflexões sobre Miséria e Violência no Brasil, que contém sugestões objetivando amenizar esses dois terríveis problemas que assolam o país.
No início dos anos 70, inspirou-se na beleza e na poesia da cidade maravilhosa e escreveu o romance Danadinha, publicado em 2015.


Sinopse: DANADINHA é um livro publicado pela Editora Buqui, de Porto Alegre-RS, no início de julho de 2015.
É um romance escrito na cidade do Rio de Janeiro , no início dos anos 70, refletindo a linguagem, hábitos e as gírias do início desse período. Seus personagens são reais. É ficção, porém, a trama que os envolve.
É também uma homenagem da autora, encantada com as belezas do Rio de Janeiro, quando lá viveu na época citada.
“Ah, Copacabana, Ipanema, Leblon, Santa Teresa……. quanta poesia e beleza abrigas em tuas paisagens deslumbrantes, e quanta dor!
Leandro é um rapaz que veio do interior da Paraíba estudar no Rio de Janeiro no início dos anos 70. Ele fica deslumbrado com as belezas e com as oportunidades que a cidade maravilhosa oferece. No começo, tudo é festa, a diversão é permanente, com muitos amigos e lindas mulheres. Três delas – Aline, Thaís e Eleonora – são marcantes em sua vida.
Danadinha tem passagens poéticas, românticas, divertidas, tristes e filosóficas. Aos poucos, além do deslumbramento, surgem as decepções e a trajetória de Leandro começa a tomar rumos inesperados e desconcertantes. E ele passa a viver num turbilhão – verdadeiro roda-viva -, como se uma névoa o envolvesse, impedindo sua percepção da realidade.

Onde Adquirir o livro: Saraiva, Livraria Folha, Amazon, Livraria Travessa, Google Books

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here