Inesquecível – Kacau Tiamo

2
969

“Quando o destino resolve agir, não há nada que o impeça”.

(Kacau Tiamo, in: Inesquecível, 2017)

 Um dos benefícios do Kindle Unlimited é conhecer autores nacionais. Foi por esse meio que tive o primeiro contato com a escrita de Kacau Tiamo no livro “Inesquecível”.

Nesse romance erótico a autora cria um enredo com os elementos dramáticos típicos de uma soap opera, aquelas novelas norte-americanas. Após um acidente automobilístico grave, Victor se recupera das várias lesões físicas que poderiam ter ceifado sua vida, contudo não se lembra de absolutamente nada sobre sua existência e nem ao menos do seu próprio nome.

Victor reconstrói uma nova vida com a benevolência do pessoal do hospital e, principalmente, com a ajuda de seu novo amigo Luís, o enfermeiro que esteve ao seu lado durante toda a sua recuperação. Estranhamente, o convalescente não se preocupava com sua amnésia nem mesmo com a origem de uma misteriosa mala.

“Até você se tornar consciente,

o inconsciente irá dirigir sua vida

e você vai chamá-lo de destino.”

Carl Gustav Jung

Uma excelente citação de Jung sobre o inconsciente e o destino abre o livro, entretanto, particularmente, gostaria de ter sentido um maior desconforto e reflexões por parte de Victor sobre sua falta de memória e o que isso influenciou na formação da sua personalidade, o que permitiria que o protagonista tivesse mais profundidade. O relativo cotidiano equilibrado que criou é sacudido quando a fogosa Bianca entra em sua vida.

É na interação do casal que a escrita de Kacau Tiamo se revela e, certamente, agradará aos fãs desse gênero literário com suas cenas quentes ora narradas por Victor e outras na visão de Bianca. Até os amigos Luís e Vanessa, personagens secundários, seriam ótimos protagonistas para um livro paralelo. Então, desligue a televisão e aprecie as 188 páginas de “Inesquecível”, pois você passara uma tarde bem mais interessante em companhia de Victor e Bianca nesse livro único (não tem uma continuação) do que com qualquer novela atual.

Agora, quero saber de você leitor: o que faria se perdesse a memória? Deixe sua resposta nos comentários.

 signature

2 Comentários

  1. Curti demais a premissa. E também o fato da autora trabalhar em cima de dois pontos de vista, que para mim, enriquece a a força da história.

  2. Não sei o que faria se perdesse a memória, mas imagino que deve ser algo angustiante. Mas é uma temática muito boa, pois me deixa curiosa para saber quais segredos o passado do personagem nos esconde. Parabéns pela resenha.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here