Grau 26: A origem – Anthony E. Zuiker

9
1060

Anthony E. Zuiker é nome do autor de “Grau 26 – A origem” que é o primeiro livro de uma trilogia de suspense policial, que escancara a crueldade de um assassino em série que é classificado na escala de Grau 26.

     A história é contada em terceira pessoa mostrando a vida dos personagens Dark e sua esposa Sibby, da agente Constance e do agente Riggins, além do assassino a quem o chamam de Sqweegel. No contexto, Dark, após quase ter conseguido pegar Sqweegel em Roma e fracassado, teve sua família adotiva assassinada pelo criminoso, logo o deixando em estado de quase loucura, provocando sua aposentadoria. Anos depois conseguiu se reerguer psicologicamente, e conhecendo Sibby e casou-se com ela, a quem tanto o completa e ama. Porém, ainda não é o fim da história para ele, pois Sqweegel o quer novamente em sua cola, promovendo uma série de assassinatos que faz com que o Secretário de Defesa Nacional o queira de novo em ativa para pegar o temível assassino e o aniquile.

     A trama inicia-se quando Steve Dark, numa perseguição policial em Roma, onde ele está prestes pegar Sqwueegel de uma vez por todas, porém falha. A história salta para anos depois, onde na agência, Riggins – agente da Divisão de Casos Especiais –, está reunido com um grupo de jovens agentes chamados para o caso “Sqweegel” onde acabara de mostrar um filme com assassinatos cometidos por tal. Mas ninguém é capaz de aceitar o caso e é onde o Secretário de Defesa Nacional manda entrar em contato com Dark de uma forma ou de outra e caso não aceite, que seja por ameaça de morte, pois ele é o único que um dia já chegou perto do assassino.

     Quando se trata de um assassino de Grau 26 significa dizer que é a mais elevada classificação reconhecida hoje em dia, quatro níveis acima da que é usada no restante do mundo.

     Quando Dark é mostrado outra vez na trama desta vez como um homem que está ainda sobrevivendo aos danos que o serial killer causara em sua vida, casado, prestes a ser pai, porém, ainda com sequelas do passado e agora vendo-se novamente de volta ao jogo de Sqweegel.

     O livro em divido em três partes onde na primeira os personagens são apresentados ao leitor, suas motivações e seus pontos de vista de forma precisa e gradual, levando o leitor para a segunda parte onde o desconforto dos personagens eleva-se mais alguns tons. É onde o assassino começa a agir mais diretamente envolvendo Dark ainda mais em seu plano macabro, ao mesmo tempo em que é iniciada a caçada contra ele, onde Steve Dark se arrisca em pegá-lo usando sua tática medonha que trata-se dele ter que pensar igual ao assassino, deixando-se dominar pela personalidade dele para conseguir compreendê-lo e prever seus próximos passos, levando o público para a terceira parte que é onde ocorre uma reviravolta – uma declaração – que deixa o leitor de queixo caído.

     Sqweegel é meticuloso, habilidoso e cheio de cartas nas mangas. Sabe de coisas variadas que podem deixar vulneráveis até as pessoas melhor armadas do mundo.

     O livro termina de maneira que deixa uma enorme ponte para o segundo volume, tem uma linguagem de fácil entendimento.

     Anthony é um autor que sabe como fazer seus personagens serem profundos e desejados, sem perder o ritmo da trama, em nenhum momento se torna uma leitura cansativa, ele consegue deixar o drama da obra bem atrativa. Além disso, também soube como manusear o suspense, gerando a informação em seguida o impacto e lá na frente a explicação, não deixando nenhuma dúvida ao leitor, tornando a leitura bem dinâmica.

     Em algumas páginas o leitor encontrará trechos de interação, todos no final de alguns capítulos onde é disponibilizado um link de site mais uma palavra chave para assistir um vídeo referente à abordagem de tal capítulo.

     A leitura foi feita em Ebook, posso dizer que a diagramação está em perfeito estado. Antes do início ou no fim de alguns capítulos, têm imagens em desenhos que expressão o que o capítulo ressaltou, ou do que o capítulo seguinte irá tratar.

     A capa condiz com o conteúdo da obra, estampando o assassino de Grau 26.

     Anthony E. Zuiker também é autor de várias outras obras, entre elas os outros dois volumes da trilogia “A profecia Dark” e “As revelações de Dark”.

      Fernando Mello é resenhista e colunista do Arca Literária. Autor das obras “Sob o domínio do silêncio”, “A garota por quem me apaixonei” e “Uma nova chance”.  Coordenador da Antologia “Quem tem medo do lobo mau?” no Wattpad, promovida pelo Arca Literária.

 signatureResenha de Fernando Mello

9 Comentários

  1. Mais um bela resenha, Fernando.
    Eu tive a chance de comprar esse livro com 50% de desconto e deixei passar.

  2. dos criadores de CSI deve ser muito bom mesmo, depois vou tentar conferir, o negócio é que não gosto de históiras que se estendem em mais de um livro.

  3. Parece interesse, mas morro de medo de livros assim. De noite posso não dormir. Parabéns pela resenha. qualidade 1000

  4. Parabéns pela resenha, parece uma boa história e muito interessante que o mocinho e o vilão se enfrentarão novamente anos depois, fiquei curiosa sobre o que ocorre ao final do livro.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here