Golfinhos e Tubarões – Tais Cortez

1
613

Golfinhos e tubarões é um livro difícil de ser resenhado, mas é um livro muito bom para ser lido. São muitas informações, muitos personagens, muitas aventuras. Complicado falar de tudo, mas tentarei fazer um breve resumo.

Foi um livro que eu desejei muito em ler e quando chegou a minhas mãos… fiquei extremamente feliz.

Como um bom leitor a primeira coisa que analisamos é a diagramação (perfeita), revisão (impecável), capa (linda), fonte (confortável), papel (alta qualidade), ou seja, o livro é muito bem feito, confortável em ser lido, cuidadosamente criado. Uma das coisas boas na hora da leitura é que mesmo sendo um livro com muitas páginas ele não nos da a sensação de que irá desmanchar em nossas mãos! E isso para um leitor é nota 1000!

Vitória é uma garota de 15 anos que como qualquer adolescente passa por uma fase difícil em seu desenvolvimento. Tudo isso piora quando em um evento em sua casa ela descobre ter estranhos poderes. Adotada aos 5 anos de idade Vitória não se lembra de seus pais biológicos o que faz com que ela deseje profundamente descobrir os fatos que circulam o mistério de sua adoção e desaparecimento de sua família.

Ao descobrir que possuía poderes diferentes e além daquilo aceito pela sociedade Vitória é enviada para uma Escola especial, onde seus alunos são todos semelhantes a ela, possuidores de poderes diferentes.

Na apresentação dos alunos me senti um pouco dentro de um filme do x-man, mas não foi nada negativo, me ajudou a montar o universo que lia em minha mente.

Vitória, diferente do que pensou, gostou do novo “lar”, se enturmou com alguns dos alunos e também criou algumas diferenças com outros alunos, nada que a atrapalhasse nesta nova jornada.

Conhece Alex, um jovem muito bonito que tinha uma maldição em sua vida, a de ser meio humano e meio vampiro, mas que lutava com todas as suas forças para se controlar, mas esta luta não era somente dele mas sim de todos os professores que o cercavam e isso era um excelente motivo para manter-se isolado.

Vitória, como toda adolescente adora aquilo que é proibido e tenta de todas as formas se aproximar de Alex. Este inicialmente tenta afastar-se dela e percebe que esta  é uma luta em vão e que somente seus corações poderiam, ou não, decidir entre a distancia ou a convivência.

As aulas, a pesar de terem nomes pouco criativos (um dos pontos fracos do livro), dão ao leitor e aos personagens uma boa ideia do poder de cada um dos presentes.

Os momentos fora da escola dão início à todo desfecho do livro, o que constrói um suspense em torno de Vitória e Alex e de um segredo que poderá afasta-los ou uni-los para sempre.

Convivem com a certeza de um romance impossível e muito perigoso. O que acontecerá? Ficarão juntos ou serão separados pelas diferenças e pelo passado? Não vou contar! 😉

Ação, aventura, romance e muita diversão em cada uma das páginas de Golfinhos e Tubarões.

Fantasia bem costurada, história bem narrada, a única desvantagem que achei foram os nomes das aulas, que poderiam ser mais criativos e o nome dos personagens que em algum momento lembrou-me de personagens de outros livros. No mais o livro é muito bom.

Gente, como é difícil resenhar este livro, risos!! Não quero contar os mistérios que o circundam, mas também preciso falar um pouco sobre a sua narrativa.

É um livro de leitura fácil, prende o leitor do início ao fim. Super-recomendo sua leitura.

Resenha de Ceiça Carvalho

(*imagens capturadas no google imagens)

Um comentário

  1. Oii, Ceiça!

    Adorei a resenha 🙂
    Obrigada pelos elogios e pelas sugestões!
    Achei engraçado ter comentado sobre o nome das aulas. Foi a primeira leitora q me falou isso rss…
    Fico feliz q tenha gostado da história!
    Bjsss e sucesso ao blog!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here