Fidel Castro – Uma Biografia Consentida – Claudia Furiati

1
555

Uma obra exemplar. Assim podemos classificar “Fidel Castro – Uma Biografia Consentida” da historiadora e jornalista Cláudia Furiati. O livro é o único relato biográfico que foi oficialmente reconhecido pelo ex ditador cubano. É fruto de quase dez anos de pesquisa. Inclusive a autora morou em Havana durante certo tempo.

Lançado nos primórdios dos anos 2000, a obra chega à sua quinta edição em julho de 2016. Do início para cá muitas, muitas coisas aconteceram e a autora, ciente da importância de atualizar informações, decidiu não mexer no texto (que já sofrera modificações quando da publicação da quarta edição) e as apresenta em forma de posfácio. Foi publicado pela Editora Revan e possui 827 páginas.

É uma verdadeira viagem na historia. Sabemos que Fidel Alejandro Castro Luz foi um personagem ímpar nos séculos XX e XXI e de importância não só para o povo cubano.  Não dá para tentar entender os ideais e o processo da ideologia socialista nem o processo histórico que se desenrolou na América Latina sem se debruçar sobre o governo que comandou a ilha durante quase 50 anos.

Odiado por muitos, e amados por outros tantos, Castro e sua política impactaram Cuba. Anos de bloqueio econômico dos Estados Unidos por causa da aproximação com os soviéticos, controle estatal, a falta de liberdade de imprensa são vistos como fatores negativos. Por outro lado, o pais apresentou um baixo índice de mortalidade infantil, queda brusca na desnutrição entre crianças e erradicação do analfabetismo.

Além de proporcionar uma leitura agradável, o livro da historiadora Cláudia Furiati é uma verdadeira fonte de estudo e pesquisa. A extensa bibliografia utilizada, as notas explicativas, as fotos ilustrativas podem servir de um valioso suporte para quem deseje obter mais detalhes sobre a vida do antigo governante, ou até mesmo ter maior conhecimento sobre os fatos relacionados direta ou indiretamente à sua pessoa.

Não é uma leitura rápida. Ou pelo menos não deve ser. Relatos biográficos devem ser lidos de forma pausada, como quem digere aquela comida preferida bem devagar para que não acabe logo. A autora desenvolve a escrita de forma tal que o leitor(a) não se sinta cansado ou enfadado.

E outra coisa. Conhecer mais sobre a vida desse homem poderá também ajudar a desconstruir possíveis ideias equivocadas, sejam elas favoráveis ou contrárias.

signature

Um comentário

  1. Fidel foi e ainda é uma figura muito complexa, e essa complexidade foi vista quando foi anunciada a notícia da sua morte, enquanto alguns mostraram-se apáticos, outros se mostraram realmente tristes com a perda.

    Parabéns pela resenha.

    Atc,

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here