Eu mato… – Giorgio Faletti

1
768

Sinopse: Neste thriller de estreia de Giorgio Faletti, um agente do FBI e um detetive enfrentam um serial killer em Montecarlo, no glamoroso Principado de Mônaco. Trata-se do caso mais angustiante de suas carreiras: capturar o assassino que anuncia seus próximos alvos por meio de enigmas propostos em telefonemas para um programa de rádio, conduzido por um apresentador carismático.
Para confundir a polícia, músicas são utilizadas como pistas dos crimes, cujas doses de barbárie e astúcia abatem e desnorteiam policiais, investigadores e psiquiatras. Os assassinatos, caracterizados pela frase Eu mato escrita com sangue, são marcados por uma violência que não poupa nem mesmo a pele das vítimas.


Resenha:  Depois de deixar um aviso na rádio de Monte Carlo,um serial killer inicia seu macabro trabalho.Depois de matar,ela arranca a pele do rosto de suas vítimas e deixa no local escrito com sangue as palavras Eu Mato….

O policial Frank  teve sua vida destruída no passado.Vivendo sua dor ele afunda dia após dia em um mundo onde nada mais importa.Quando seu amigo Nicholas,delegado da polícia de Monte Carlo pede sua ajuda pra desvendar uma série de crimes ele hesita,mas acaba aceitando. Mas o assassino que ele persegue é além de inteligente,extremamente perigoso.O rastro de sangue e vítimas mutiladas que ele deixa pra trás não contém nenhuma pista.

Conforme o tempo vai passando mais vítimas vão sendo assassinadas e mutiladas.As coisas se complicam ainda mais quando o pai de uma das vítimas chega em Monte Carlo para capturar o assassino e vingar a morte da filha.

Eu Mato é o primeiro livro de Giorgio Faletti que li.De uma maneira o autor conquista a atenção do leitor já nas primeiras páginas.Conforme os crimes vão acontecendo tudo fica pairado no ar já que não há praticamente nenhuma pista.Os intervalos entre os crimes são preenchidos com uma narrativa ágil e o protagonista acaba se envolvendo em outras histórias paralelas aos assassinatos.A descoberta do serial killer se dá ainda faltando mais de cem páginas pra acabar o livro.Pensei que nesse ponto o autor  iria perder a mão e ficar no enchimento de lingüiça de sempre.Que nada.O autor é bom naquilo que faz e consegue prender a atenção até as últimas páginas .

Eu Mato é um dos melhores livros de suspense policial que já li.Pra quem gosta desse gênero de leitura é um prato cheio.Quando o leitor respira aliviado pensando que algo foi revelado ,o autor numa jogada hábil envolve os personagens em outro  drama e tudo volta a estaca zero.

Quando chega ao final tudo é esclarecido de forma perspicaz ,sem querer fazer o leitor de bobo com tolices,como na maioria dos livros desse gênero.

Se faltou algo?Queria saber mais sobre o assassino.A história dele é tão interessante que na minha opinião só a história dele daria um livro.

Leitura excelente!!

Resenha de João Soares

Compre este livro:

Amazon.com.br

Um comentário

  1. Prezado Amigo João Soares,

    Mais uma boa resenha sua. Dá vontade de ler o livro, logo.
    Já anotei o título na lista de livros a comprar e que, em se tratando de policiais, tem crescido, dia a dia, com suas preciosas dicas.

    Abraços,

    Nilton

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here