Eternidade & Absurdo – Ângelo Rodrigues

1
685

Se fores parvo, idiota, imbecil, estúpido, fanático, sem dúvidas, bronco, ordinário, ditador, insolente, arrogante ou patético, também podes ler este livrinho!

Quem é ele!? A errância pura, a diáspora da contradição… Um resistente, eclético, ecuménico, humanista do desejo e da ousadia; um moscardo farpizante de conservadorismos e de estabilidadezinhas…

Inventemos, exorcizemos… ousemos uma outra linguagem ou até uma meta-linguagem, de um certo ponto de vista, para dizer o aparentemente inefável, o que é encoberto por um pudor inexplicável, como se tudo no Homem e na Vida não fosse pura naturalidade. É este, seguramente, um dos grandes apelos de Ângelo Rodrigues. (Isabel Rosete)

Ângelo Rodrigues espelha, “os seus olhares” sobre o individual e o colectivo, sobre o social e o político, sobre o devaneio e o real que fazem parte da sociedade em que nos movimentamos. (Conceição Marques)

A filosofia poética de Ângelo Rodrigues quer refazer a unidade perdida, o ovo primordial. Para isso, reconcilia os opostos, colocando Nietzsche a conviver com Platão e Freud a analisar Santo Agostinho. (Carlos Amaral)

Pleno de lucidez ele é – o Ângelo – uma mistura de grande inteligência inconformada, mas também uma luz para ver claro o que está escuro. (Júlio Roberto)

É um ser perturbador e inquieto, um lutador, um motivador, um promotor que se firmou como figura cimeira do hiper-espiritualismo. (Von Trina)

Poeta e visionário, Ângelo Rodrigues, reintegra essa procura, essa demanda que desbanaliza a vida experimentando um fogoso procurar poético (…) a fim de por a descoberto o espírito do tempo. (Fernando Baleiras)Ângelo Rodrigues convida o leitor a despertar para outras instâncias. (Jorge Ferro Rosa)
Sem qualquer vínculo “paternalista” poderei afirmar, (…) que Ângelo Rodrigues arremessa (…) a pedra bem longe! Assim, quanto mais não fosse, isto seria suficiente para dizer, sem peias, (…) que é um poeta a reter. (Artur Lucena)

(O livro está praticamente esgotado e
não será – propositadamente – reeditado)

UM EXCELENTE LIVRO PARA OFERECER NESTE NATAL!

Adquira o livro através do link da Sinapis ou diretamente com o escritor por e-mail! sinapiseditores@gmail.com

Divulgue sua resenha conosco, saiba como clicando na imagem abaixo:

Um comentário

  1. Estranhei bastante o “chamado” para ler essa Resenha… Espero que o livro seja um sucesso, mas eu só li a resenha para falar mal do “Se fores parvo, idiota, imbecil, estúpido, fanático, sem dúvidas, bronco, ordinário, ditador, insolente, arrogante ou patético, também podes ler este livrinho”!

    Péssima maneira de chamar atenção para um trabalho que até pode ser primoroso, não o sei…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here