Entre o Amor e o Silêncio – Babi A. Sette

21
1973

Meu Deus do Céu!! Que livro sensacional! Tenso!! Intenso!! Apaixonante!

Para começar gostaria de comentar a capa. O que é isso? Parabéns ao Capista!! Linda mistura de cores, disposição de imagem!! Perfeita!

A diagramação nem comento!! Sem nenhum defeito!

A história!! Estou curtindo uma ressaca boa até agora!!

Fiquei muito feliz com este livro. Não tive lembrança de nenhuma outra leitura que pudesse ter servido de inspiração para a escrita de Entre o Amor e o Silêncio e isso só prova o quanto a autora é criativa e de muito bom gosto.

Mitchell Petrucci, economista, diretor geral de uma grande empresa de valores, bilionário, arrogante, mulherengo e extremamente lindo, sofre um grave acidente de carro que o coloca em um coma que para os olhos dos médicos seria irreversível.

Francesca Wiggs, escritora, independente, linda mulher que vive atormentada por causa de tantas desilusões tidas com os homens de sua vida, iniciando com o abandono por parte de seu pai e findando com a grave traição cometida pelo seu ex-noivo Vince. Para fugir de tantos problemas France recorre ao trabalho voluntário para ocupar sua mente e passar por esta crise sem muitos danos. Ingressa em uma pesquisa feita com pessoas que estão em estado de coma profundo e passa desde então a ler para um paciente recém chegado: Mitchell.

A autora narra de uma forma tão apaixonada a sequência de leitura da France que imagino estar lendo um livro dentro do livro. Adorei esta ideia.

Durante todo processo de leitura, que durou três meses, France leu para o paciente, Mitchell Petrucci, um economista bilionário, mulherengo, lindo de morrer, aquele que seria seu primeiro livro.

“Se você fosse um príncipe e eu uma princesa, você deveria acordar agora. – disse, tentando encontrar alguma graça na louca situação – Será que existem príncipes em camisolas ou princesas de calças jeans e touca hospitalar? De qualquer maneira, acho que foi uma falta de cavalheirismo da sua parte não despertar instantaneamente após o beijo. Sento assim, talvez eu te beije mais algumas vezes para ter certeza de que você é imune a esse antídoto.”

Devido a Constancia em suas leituras, que passaram de duas vezes semanais para diárias, Francesca nutre sentimentos que vão além da atenção e solidariedade a uma pessoa que se encontra em um silencioso coma. Vive sensações e dúvidas conflituosas que a levam a se afastar do hospital e recorre aos braços de sua mãe na tentativa de colocar seus sentimentos no lugar e entender de uma vez por toda o que estava realmente acontecendo com ela.

Meses após seu afastamento France retorna para Nova York na tentativa de retomar seu livro e vida. Descobre que aquele paciente que outrora desenganado havia acordado do coma e decide ir visitá-lo. Mais uma decepção. Mitchell a trata com arrogância e ainda a expulsa do quarto de hotel fazendo com que sua presença ali fosse proibida enquanto ele estivesse hospitalizado.

Gente, o livro é hipnotizante!! Li as quase 600 páginas em 3 dias e mesmo após cinco dias de concluídas estou em uma ressaca literária tremenda.

Mitchell recebe alta médica e a partir dai vive sentimentos, tem sonhos, sensações que o deixam atordoados e decidido a descobrir o porquê de tudo isso. Até que encontra em uma livraria um livro que muda toda a sua vida e o faz embarcar em uma viagem em busca da verdade, sem saber que esta jornada iria levá-lo muito além disso.

“você pode passar a vida inteira sem perceber que aquilo que procura está bem na sua frente”

Mitchell e Francesca vivem uma história impar de paixão e separação que faz com que o leitor queira mais e mais se aprofundar nesta relação. Uma mistura de sensações durante a leitura, angústia, paixão, alegria, revolta, dei muita risada com as intervenções da personagem durante a narração da história.

Enfim, uma história única, me deu a sensação de que aquele livro era mágico e que a história nada mais era que um conto de fadas da atualidade.

21 Comentários

  1. Gostei bastante da resenha, me ajudou muito pois queria dar de presente esse livro pra minha filha, ouvi falar muito, mas agora tenho certeza, amei

  2. Bem interessante essa história, minha filha que gosta de ler, quero dar pra ela de presente e gostei bastante dessa resenha!

  3. Amei a capa desse livro, sim, eu julgo o livro pela capa hahaha Quero muito ler, bem interessante!!!!

  4. Nossa tô louca pra ler Entre o Amor e o silencio faz tempo, comprei e já li o livro novo da Babi e estou louca para ler EAS, pela sinopse parece ser muito bom, se for metade dos outro livros da Babi, sei que vou amar!!! Parabéns pela linda sinopse!!

  5. Bom dia linda,estou cada vez mais feliz ao perceber e descobrir que nossos autores estão cada vez melhores.Digo isso pois há muito não via uma avalanche tão grande de ótimas obras,por todo o país.Sua resenha Amiga Ceiça,faz com que eu tenha ainda mais vontade de ler esta bela obra de Babi a sette.

  6. Fiquei encantada com a leitura de sua resenha. A história tem tudo pra me encantar. Espero conseguir um pra ler logo, pois estou super curiosa a respeito dos personagens.
    Beijos.

  7. Querida Ceiça, nossa! Que resenha incrível. Como adorei saber a sua impressão dos personagens e da história. Não deixo de me emocionar com resenhas como a sua, que de uma maneira concisa, conseguem transpor parte da alma da história. Amei os quotes que você escolheu e me encantei em saber que para você, o romance é um conto de fadas moderno. Obrigada por seu retorno, bjssss Babi <3

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here