Em Contos – Milla Souza

0
785

O Livro Em Contos da autora Milla Souza reúne dezoito historietas em crescente grau de complexidade e aprofundamente de questões sobre relacionamentos em geral e que falam com o público infantil-6 aos 11 anos – e adulto com a mesma capacidade de diálogo sobre o amor, a magia, a ternura.

As ilustrações em P&B (preto e branco) de Alisson Aguiar são encantadores e transformam o projeto Em Contos numa proposta lúdica e interativa, onde a criança terá total liberdade para pintar os desenhos conforme sua imaginação ou de acordo com as indicações presentes no texto:

Ele era um barco de papel amarelo, feito do verbo amar e da palavra elo- e talvez, só por rebeldia, quisesse desatar.” ( trecho do conto “O Barquinho de papel”).

Os adultos, ao compartilharem a leitura deste livro com as crianças, terão a oportunidade de entrarem em contato com uma linguagem simples e adequada ao universo infantil.

Porém, a simplicidade é aparente e explora sutilmente a força desse imaginário, para resgatar e/ou aprofundar questões complexas como amor; ser aberto ao novo; à passagem do tempo; morte e a saudade.

Através de simples frases como leves “pinceladas”, esbocei um retrato daquilo que o leitor encontrará neste livro.

As reflexões estão em ordem de aparecimento dos contos na obra:

 “A Formiguinha Azul”-Uma formiguinha míope que não queria usar óculos.

““ O Barquinho de Papel “-Um barquinho cheio de atitude e sonho e que deseja sair pelo mundo”.

“Rodolfo, o relógio ranzinza”- A passagem do tempo e a rotina que, de repente, foge ao controle.

“O Primeiro amor de um rato”- porque p primeiro amor é mágico… Ainda que breve.

“O céu no pedaçõe de papel”- A história de amor… De um sapo.

“Qual a cor da bolhinha de sabão”- Como cada um colore a vida.

“O Pé de galinha”-Humor e poesia na relação de mãe e filha.

“A Xícara trincada”-um conto sobre valores.

“José tem espinhos, cuidado”-Aceitação em debate.

“O Pão de queijo”- Saudade num conto alegórico.

“O engasgo” -sobre o engolir… A vida.

“O Novelo de lã”-As surpresas que a vida nos reserva.

“O Monstro no guarda roupa” – Porque dentro do armário há de morar um monstro, ora!

“O Vestidinho Branco”-poesia em forma de vestido.

“João de barro”-Uma homenagem a Manoel de Barros.

“A Ana que vinha e a Ana que ia”- encontros e desencontros.

“Caderno Mágico de Ícaro”- Porque as letrinhas querem dançar no caderno de Ícaro?

“A mala e o menino”-Um conto maravilhoso, retratado na capa do livro, que fala sobre tudo aquilo que guardamos na “Mala” de cada um.

 Um convite para sentir-se novamente criança, sentar-se para comer um pão de queijo quentinho, uma xicara de chocolate e deliciar-se com as tramas e subtramas de Em Contos.

Certamente após a leitura, seja criança ou adulto, você guardará este livro em sua “mala” para sempre.

 Resenha de Michelle Paranhos, resenhista do Arca Literária

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here