Editora Planeta de Livros

0
486

Cidade Banida – Ricardo Ragazzo – No futuro, a Terra foi assolada por inúmeras guerras, o que dizimou 99% da população humana e transformou sua vida animal e vegetal. Boa parte dos seres humanos acabou confinada dentro dos muros de Prima Capitale, regida pelas draconianas regras do Supremo Decano. Por causa da rigidez do governo, todos os bebês nascidos no lugar precisam passar pelo crivo dos chamados cognitos, seres com poderes psíquicos capazes de prever o futuro. Caso, nesta visão, seja revelado que o novo cidadão cometerá um crime, sua sentença é a morte. Seppi Devone foi um desses bebês vetados. No entanto, sua mãe, Appia, consegue fugir com ela, livrando-a da cruel sentença. Elas vivem incógnitas numa comunidade no meio da mata e Appia cria sua filha como um garoto. Mas, quando Seppi completa 15 anos, o destino bate à sua porta e a garota terá de enfrentá-lo. Afinal, a adolescente é a única esperança que muitos oprimidos têm de se livrar do mal a que são submetidos pelo Supremo Decano. Irá ela abraçar essa sua missão?

Desculpa, eu te amo – Jodi Ellen Malpas – A saga de Ava O’Shea e Jesse Ward chega ao fim no mais romântico, mas não menos picante, dos três livros que compõe essa trilogia erótica, best-seller mundial. O segundo volume da série termina com o belo e rico empresário se ajoelhando e pedindo a decoradora em casamento. No entanto, o futuro cor-de-rosa não se concretiza de pronto e, apesar de uma sofisticada e bela cerimônia de casamento no libidinoso Solar, o casal se separa novamente. E isso é só o começo deste terceiro e último livro da trilogia O Amante. Um “fantasma” do passado de Ward voltará a aterrorizá-lo e não só irá comprometer o sonhado final feliz ao lado de Ava, como também colocará em risco a vida dos dois, numa sequência fabulosa de percalços, com direito a ameaças anônimas e perigosas perseguições automobilísticas pelas ruas de Londres. Será que os dois vão ter seu sonhado final feliz?

Ser Mulher Não É Para Qualquer Um – Nany People – Ser mulher não é para qualquer um narra a trajetória pessoal de Nany People que, como ela mesma diz, nunca saiu na Playboy, mas vive no imaginário das pessoas. Chegou a São Paulo aos 20 anos sem muitos recursos, mas com muita determinação. Dos shows que fazia como drag queen em casas de espetáculo, passando pelo teatro e por rádios, logo alçou voo para a televisão, conquistando de vez o Brasil. Assinou uma coluna na G Magazine por quase dez anos, fez programas de rádio na Jovem Pan e na 89 FM, trabalhou como repórter nos programas de Goulart de Andrade, Amaury Júnior e Hebe Camargo. Sua veia cômica a levou para o banco do programa “A praça é nossa”, de Carlos Alberto de Nóbrega. Hoje Nany atua principalmente no teatro e na televisão. Mesmo passando por inúmeros obstáculos na vida, Nany nunca deixou de fazer piada. Essa marca registrada acaba sendo sua maneira particular de celebrar a vida. Mais do que experiências, Nany compartilha com os leitores detalhes comoventes de sua história. Ser mulher definitivamente não é para qualquer um.

Conheça todos os lançamentos da Ed. Planeta Livros

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here