Dorothy Tem Que Morrer – Danielle Paige

0
771

Para quem gosta do livro/ filme “O magico de OZ” ou de uma reconstrução de um livro, como eu, com certeza, você vai adorar o livro “Dorothy tem que morrer” da autora Danielle Paige, lançado no ano passado pela editora Rocco. Primeiro vou mostrar para vocês a sinopse e em seguida minhas impressões sobre o livro.

Sinopse: Primeiro de uma série, Dorothy tem que morrer engrossa um filão de sucesso no mercado editorial, no cinema e na TV: o reconto de clássicos infantis com nova roupagem para os jovens. Nesta releitura sombria do clássico de L. Frank Baum O mágico de Oz, Amy Gumm é uma nova garota do Kansas, que, em meio a um tornado, é enviada à terra de Oz com a missão de remover o coração do homem de lata, roubar o cérebro do espantalho, tomar a coragem do leão e destruir a garota dos sapatinhos vermelhos. Livro de estreia de Danielle Paige, Dorothy tem que morrer chega ao Brasil depois de figurar na lista dos mais vendidos do The New York Times”.

Posso começar falando que minha vontade em ler este livro cresceu muitoooo depois de assistir ao booktrailer, assistam é sensacional. Já no início do livro conhecemos a protagonista que se chama Amy, existe um fato interessante sobre suas características: seu cabelo é rosa (única li um livro que a personagem principal tinha essa descrição), ela vive uma vida um pouco agitada com sua mãe que também tem problemas, mas sem delongas do mesmo jeito que Dorothy entrou em OZ, Amy também entra. Um tornado aparece do nada e mesmo que ela tente fugir é inevitável.

Assim que ela chega em OZ somos apresentados ao mundo mágico, porém que está perdendo suas forças. Dorothy tinha ido embora no final do clássico que conhecemos, mas acabou voltando e está tomando OZ para si e está chega de poderes, mas ao ganhar magia o mundo de fantasia está perdendo. E somos apresentados ao verdadeiro motivo da ida de Amy. Existe um grupo secreto que quer destruir Dorothy de uma vez e assim tentar restaurar o equilíbrio de Oz, e eles acreditam que Amy é a pessoa certa para esta missão, que se consiste em: Remover o coração do homem de lata, roubar o cérebro do espantalho, tomar a coragem do leão e por último Dorothy tem que morrer.

Não posso contar mais detalhes dos acontecimentos do livro, pois acabariam sendo spoiler, mas posso garantir que existe uma coisa boa nesse livro e o importante para mim é fantasia e magia, além da escrita da autora que é tão cativante que se em algum momento o foco da história é desviado, os acontecimentos e descrições da autora te prendem até o final.

A narrativa em primeira pessoa, sob o ponto de vista da própria Amy é um ponto ruim que permite ao leitor sentir-se próximo apenas dessa protagonista tão peculiar. Porém se torna o único um ponto negativo para a leitura, mas se torna perfeito por que em nenhum momento achei a personagem chata, pelo contrário, ela é cheia de atitudes fazendo levar em consideração o ponto de vista. Mas gostaria de saber o que se passa na cabeça da Dorothy, torso muito para que o foco mude em algum momento nos próximos livros, a autoria nos descreve uma vilã tão misteriosa e cativante que o interesse em saber mais da bruxa cresce ao logo da leitura e já vou avisando: O final é enlouquecedor, se possível entraria na história para brigar com a Amy. Ah! Leia o livro sabendo que tem continuação, pois o livro acaba no meio da bomba rsrsrs.

Minha nota para este livro é de 4/5. E, com certeza, quero a continuação, basta a Rocco se pronunciar quando sairá a continuação, pois lá fora já tem todos os livros publicados e já está vencendo o prazo. A minha leitura foi em e-book, então não consigo dar detalhes da diagramação ou da capa e etc. Espero que tenha convencido vocês a lerem o livro, pois vale muito a pena para quem gosta do gênero. Até a próxima galera.

signature

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here