Do que você sente falta?

11
1789

Ultimamente ando deparando-me com momentos nostálgicos e alguns gatilhos emocionais – não ruins – que me fazem lembrar coisas que foram boas e na minha vida e que não voltará mais.

Pois é, é uma pena tudo o que já foi bom na vida não poder voltar.

Momentos… Coisas únicas que devem ser vividas naquele específico instante de maneira ávida antes que acabe e se torne apenas uma lembrança, uma futura nostalgia.

Esses momentos não se referem apenas a questões de coisas que foram boas, mas também de tempos em que não era preciso me preocupar muito com a vida e o futuro, de quando meu único dever era estudar, assistir desenho animado e brincar com meus amigos sem preocupações de como seria o amanhã e pelo quê deveria batalhar – responsabilidades que pudessem afetar o emocional.

Era tudo tão simples… Era tudo tão fácil…

Do que sinto falta?

alone-1868530_960_720

Sinto falta de quando tudo era bem mais interativo pessoa com pessoa, quando não havia internet e as brincadeiras eram bem mais criativas.

Quem nunca brincou de adedonha, pião, sete pecados, carimã ou queima, entre outros, mesmo sendo adulto? !

Sinto falta de estar junto com meus pais e tê-los por perto.

Quem não gosta de sentir o calor da proteção fraterna?!

Sinto falta de quando minha preocupação era eu conferir meus desenhos animados favoritos e filmes que passavam na TV na década de 1990. Eram os melhores para mim.

Tanto pelo o que ter falta e nada pelo o que ter de volta…

Daí, de repente, você se torna adulto e essas coisas passam e a vida muda, o mundo se transforma em outro tipo de atmosfera, modificando o seu mundo interno e tudo o que se pode fazer é seguir em frente aceitando suas atuais condições e lutando para que não caia em desgraça.

Sinto falta do mundo que eu conhecia em que as pessoas eram menos frias e cegas.

Do mundo em que ninguém sentia a necessidade de usar meios de comunicação como arma para ferir as pessoas. De quando tudo era menos violento e as pessoas não pareciam robôs.

E você… do que você sente falta?

Comenta aí!

11 Comentários

  1. Sinto falta da minha avó e da sua bondade, sempre disposta a ajudar, nunca abria a boca para falar de ninguém. Sempre simpática e com aquele cheirinho gostoso que somente as avós possuem. E sim, não poderia esquecer, sinto falta de quando minha única responsabilidade era ter boas notas no boletim. Rsrs

    Parabéns pelo texto.

  2. Excelente texto Fernando, eu sinto falta de várias coisas, mas principalmente das tranquilidades que temos quando somos mais jovens, menos responsabilidades, e de certos lugares. acho que sempre vamos sentir falta de alguma coisa em nossa vida.
    um abraço,

  3. Fernandinho já cansei de dizer para você estudar psicologia! sinto falta da minha infância no interior, sabe aquela vida boa e calma. Era tão bom…

  4. sinto falta das brincadeiras de infância. e também de quando eu tinha de ficar só debaixo das asas da minha mãe 🙂

  5. Fernandinho tá agindo no emocional dos serumaninhos de novo!!
    Sinto falta de quando era pequena e brincava com minha amiga de de barbie criando casinhas com e eletredomesticos com os recortes que faziamos nas revistas da Hermes kkkkk, era muito legal, e também de escolinha

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here