Diário de Classe – A Verdade – Isadora Faber

5
1355

Diário de Classe – Isadora Faber

Quando recebi da Editora a proposta de ler este livro eu fiquei entusiasmada porque conhecia um pouco a história narrada, mas não imaginei que me emocionaria a cada página virada. Lágrimas vieram, mas não era apenas de tristeza. Era uma mistura de sentimentos. Emoções de saber que existem pessoas, que mesmo tão novas, lutam por uma melhoria, acreditam que um sonho pode virar realidade e correr atrás disso. Vergonha por me acomodar enquanto existem pessoas que estão lutando e sofrendo para dar a minha filha um mundo melhor.

“Quantas vezes você já viu um absurdo acontecendo, ficou indignado, mas não fez nada?(…) Mas aposto que você chegou em casa, ficou pensando naquilo e teve uma vontade enorme de voltar no tempo e fazer alguma coisa para impedir que aquele absurdo continuasse. Já aconteceu com você? Pois é, comigo já. E foi por isso que eu comecei o Diário de Classe…(p.23)”

Isadora é uma menina de 14 anos. Cansada de ver tanto absurdo e descaso acontecendo em sua escola ela resolve montar uma página no Facebook e a chamou de Diário de Classe. Neste Diário ela posta fotos, vídeos e comentários sobre o que acontecia em sua escola. Sempre de forma crítica enxergou os problemas e apontou os erros e acertos da direção, professores e alunos da instituição. O que ela não esperava era que sua página em menos de um ano alcançasse números inimagináveis. Em dois anos de página conta com mais de 600 mil seguidores de todo o mundo.

“Eu nunca poderia imaginar que minha história ia parar tão longe, mas esta é a força das redes sociais: chegar a qualquer lugar, independente do idioma, país ou nível social. E, da mesma maneira que eu, no Brasil, sou da história de Martha Payne, agora várias pessoas também sabiam do que tinha acontecido com meu esforço para melhorar a qualidade do ensino no Brasil” (p. 105).

O Livro Diário de Classe é uma lição de vida, um ensinamento a qualquer pessoa que queira se manifestar diante das adversidades da sociedade. É a mais pura demonstração de cidadania.

Isadora nos mostra, com linguagem simples, a lutar por nossos direitos, a exigir o que é nosso por direito.

Uma das coisas que mais me surpreendeu em toda a leitura foi o apoio recebido por parte de seus pais. Quantos sustos, processos, acusações e ameaças passaram e mesmo assim a apoiaram incondicionalmente. É de se entender de onde veio tanta coragem em uma menina de apenas 13 anos.

Nadando contra a maré Isadora denunciou o descaso de professores, a deficiência nas aulas, o despreparo da direção da escola, falta de estrutura, etc.. Sofreu muito por isso.

“Mas eu sabia que as aulas de inglês eram muito fracas na minha escola. O professor era muito ruim, às vezes até chegava na sala de aula cheirando a bebida, e uma vez ele chegou a tirar os sapatos e começou a cortar as unhas dos pés em cima da mesa da sala de aula” (p. 35).

“Os professores não tiravam o olho de mim, mandavam indiretas dizendo que a internet nunca iria fazer uma revolução. Me pressionavam de todos os jeitos, tentavam me ridicularizar… (p.68)”

Bom salientar que boa parte daquilo exigido pela Isadora em Seu Diário foi alcançado, a reforma na escola, pintura da quadra, mudança de professores, melhorias na merenda, etc.

Descoberto por anônimos e pela imprensa O Diário de Classe por bastante tempo fez parte dos noticiários, programas de TV, jornais impressos, congressos, dentre outros meios de divulgação e discussão sobre o tema.

Isadora hoje não estuda na mesma escola, mas como ela mesmo disse a escola antiga “vai sempre fazer parte da sua vida”. Agradeço muito ao Grupo Autêntica pela oportunidade de leitura e agradeço principalmente à Isadora Faber pelo exemplo de vida e cidadania que nos dá ao narrar sua história.

O Diário de Classe – A Verdade, é um livro de leitura essencial para todos aqueles que sonham com uma realidade melhor e obrigatória para aqueles que não acreditam que seus sonhos podem se tornar realidade.

Recomendo!

 Resenha de Ceiça carvalho

5 Comentários

  1. Ola Ceiça é triste ver como oi ensino está hoje em dia, é vergonhoso e os alunos muitas vezes também não ajudam não ligam. Precisou se tornar um livro para chamar atenção dessa maneira. adorei a temática do livro quero muito ler. beijos lindona

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com

  2. CEEEIÇAAAA! HAHAHA
    Eu já li esse livro, adorei conhecer a escrita e a vivência da Isa, realmente ela representa todos nós. Que nem você, também gostei de como os pais delas apoiaram nessa revolução escolar 🙂 Gosto bastante de toda a coragem da Isa e o que me fascino mais é que ela está trazendo inspiração para os estudantes, vejo inúmeros ”Diários de classe” nas redes sociais. Gostei bastante de sua resenha, parabéns!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here