Destinos Cruzados – Mirela Paes

1
704

Oi Gente, mais um livro bacana que demorei de ler… Perdoem-me! Mas são muitos os livros e eu acabo me atolando por causa das atividades “extra literárias”… Mirela Paes, a autora, me enviou seu livro ainda na boneca, ou seja, o livro estava impresso e encadernado.  Inicialmente tive um probleminha quando peguei o livro para ler, não estava acostumada a fazer este tipo de leitura, lembrava-me uma apostila da faculdade e sinceramente não desceu. Após muito insistir peguei o livro e o devorei em uma sentada. Acredite, nem senti que eram páginas A4 de tão boa que era a história. Vamos a ela?

 Vou pular a parte de diagramação porque é impossível faze-la sem o livro. Vamos à parte que interessa ao leitor.

 Sarah Clark é uma garota que vive sob os holofotes hollywoodianos, mas que apesar de ter tudo na vida é uma garota tímida e indecisa sobre sua vida amorosa, apesar de namorar um dos atores juvenis mais cobiçados do momento e seu pai ser um reconhecido cineasta. Rebecca, melhor amiga de Sarah, é uma das atrizes do momento, muito mais desinibida e decidida que Sarah.

 Por mais perfeita que pudesse ser a vida de Sarah ela não era totalmente feliz. Tudo que queria era que fosse reconhecida por seu próprio trabalho e não pelo de quem a cercava.

 Em meio a um momento de turbulência Rebecca convida Sarah para uma aventura que poderá mudar suas vidas. Viajam sem um rumo aparente, mas Sarah não podia imaginar que Rebecca já tinha tudo tramado e que a finalidade daquela viagem era a de conhecer alguém que havia conhecido pela internet e que por acaso fazia parte de uma “Banda de Garagem”. É  quando conhece Gabriel, um lindo rapaz de 23 anos, componente da banda que tem como seu sonho e objetivo emplacar seu trabalho junto a seus amigos.

 A partir deste momento a narrativa gira em cima da aventura das meninas junto à banda. Muito romance, diversão, fuga dos problemas, descobertas amorosas, relacionamentos avassaladores, muita música e a viagem que continua por vários locais até que um dia…

 Mirela Paes surpreende com a simplicidade com que escreve uma narrativa única e muito criativa.

 Dou somente duas sugestões à autora que ao colocar trechos de músicas em inglês que coloque junto a eles a tradução, pode ate utilizar o rodapé da página, pois nem todos os leitores possuem conhecimento no idioma e certamente as músicas se encaixam no desenrolar da narrativa. A segunda seria o uso do travessão que define o desenrolar de uma conversação e as aspas que na escrita criativa são utilizadas para destacar sonhos ou pensamentos. No mais o livro é impecável.

 A autora mostrou que sabia o que estava fazendo quando decidiu escrever um romance. Não o deixando ser cansativo durante a leitura fazendo com que houvesse momentos tranquilos e momentos mais dinâmicos fazendo com que o leitor torcesse por cada um dos personagens.

 Foi minha primeira leitura da autora, mas certamente não será o último!

 Recomendo a leitura sem nenhuma ressalva!

Resenha de Ceiça Carvalho

Um comentário

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here