Destaques e Lançamentos – Ed. Revan

0
560

Oi gente, escolhi alguns lançamentos da Ed. Revan, mas querendo conhecer todos os outros, que não são poucos, basta clicar aqui.

 Antes de eu nascer – Petrus Dahlin – O ANTES DE EU NASCER é uma história poética e fascinante sobre pessoas pequenas e grandes indagações, do autor de best-sellers suecos Petrus Dahlin e da multifacetada ilustradora sueca Maria Nilsson Thore, nomeada para o prêmio Augustpriset, concedido anualmente pela Associação dos Editores Suecos. Publicado pela primeira vez no Brasil, e promete encantar crianças e adultos de todo o país.

Acionistas do nada: Quem são os traficantes de drogas – Orlando Zaccone – Acionistas do Nada, trabalho desenvolvido no campo da Criminologia Crítica, descreve o processo seletivo das pessoas presas e condenadas pelas condutas descritas como tráfico de drogas, bem como a verdadeira função social exercida, no capitalismo tardio, por meio da declaração de guerra ao comércio dessas substâncias proibidas.
Com fundamento nas teorias da reação social, que demonstram o processo de rotulação e etiquetamento dos candidatos pré-selecionados para responderem por esse delito, o trabalho apresenta as histórias revisionistas, que evidenciam a relação do sistema penal com a ordem econômica e social, descontruindo o discurso legitimante, que até hoje considera o Direito Penal como uma evolução da barbárie à civilização.
O estudo histórico da proibição das substâncias psicoativas é outra característica da obra, indicando importantes aspectos políticos e de interesses econômicos, quase sempre ocultos no trato das políticas repressivas. Muitas das vezes, a proibição destas substâncias teve por fim o exercício do controle social de determinados grupos considerados como potencialmente perigosos.

Paz armada: criminologia de cordel 1 – org. Vera Malaguti Batista – “Este livro traz a confluência dos olhares críticos sobre a remilitarização da segurança pública no Rio de Janeiro e no Brasil. Rompendo com o uníssono criado pela grande mídia em torno das Unidades de Polícia Pacificadora, os autores contribuem para a desconstrução desse macabro consenso a partir da arquitetura, do Direito Penal, da Ciência Política, da Criminologia e, principalmente, da poesia. São registros que apontam para diferentes sentidos e direções no tratamento da questão criminal na cidade, hoje reduzido ao paradigma bélico de ocupação patrocinado pela indústria do controle do crime estadunidense que se espraiou pelo mundo como se fizesse parte da natureza”.

As curvas do tempo – Oscar Niemeyer –  Sensibilidade e nostalgia são os ingredientes desta obra literária na qual Oscar Niemeyer se revela um versátil contador de histórias. Ele escreve como desenha, tudo flui. Narra com afeto a infância vivida na casa dos avós em Laranjeiras, as divertidas aventuras da juventude, além da sua dedicação ao Partido Comunista, que o transformou num militante ativo. Ao longo de seus 91 anos sua biografia se confunde com a história social e política do Brasil.

Tamborzão: criminologia de cordel 2 – org. Vera Malaguti Batista –  “Enfim apresentamos aqui um conjunto de argumentos no sentido de potencializar as liberdades da juventude popular brasileira, na sua expressão, na sua movimentação pela cidade, no eco de suas vozes e do seu tamborzão. O proibidão faz tremer, como sempre, os caretas e os covardes, aqueles que gostam de retratar essa juventude como carente ou demonizada. Nós, que acreditamos nessa força fantástica que a tudo resiste, que ressoa para além das proibições, interdições e brutalizações, apresentamos esse pequeno livro para dizer e redizer : estamos juntos e misturados.”

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here