Robopocalipse – Daniel H Wilson

0
345

Depois de um longo recesso sem escrever resenhas, eu finalmente consegui voltar, desta vez trago uma das leitoras de 2017 que me atraiu somente pela sinopse, mas vale ressaltar que na capa a uma citação de ninguém menos que Stephen King.

Sinopse: Ela está na sua casa. Ela está no seu carro. Ela está no céu. Ela está no seu bolso. E agora a tecnologia quer acabar com você. Uma inteligência artificial é criada, Archos. Em segundos de análise de dados, ela conclui que a humanidade é descartável. A partir disso, ela toma conta de toda forma de tecnologia on-line do mundo. Primeiro, pequenos bugs em equipamentos e programas são percebidos, sem que ninguém perceba nenhuma conexão entre os acontecimentos. Então, no que ficou conhecido como a hora H, Archos lança um ataque total contra a raça humana. Por isso, para detê-la, a humanidade deverá fazer algo que jamais foi tentado antes: unir-se por um objetivo em comum. 

            Apenas com a sinopse minha mente ficou em reflexão por horas. Somos apresentados à conhecida teoria de que as maquinas podem substituir a ração humana. Além de mostrar o quanto estamos dependentes dela, a evolução das maquinas e da tecnologia vem para facilitar no nosso dia-a-dia, mas até quando isso será vantagem para nós?

            O livro nos apresenta uma sociedade prestes a ser devastadas por causa de uma inteligência artificial chamada: Archos, ela conclui que nós somos descartáveis e que devemos ser eliminados, e as poucos essa tecnologia vai se infiltrando até causar um verdadeiro apocalipse, assim dando o nome do livro, com uma junção de fim dos tempos + robôs.

            Com isso, os “sobreviventes” querem combater Archos a todo custo. O livro é dividido em cinco partes, trazendo uma narração diferente do que imaginei, onde são criadas a partir de relatórios sobre o avanço de ambas as partes até atingir o clímax esperado para o final.

            Porém, o fato de ser narrado com um estilo diferenciado me deixou um pouco desapontado, pois imaginei uma historia “comum”, onde deveria ser aprofundada na criação dos protagonistas ou da Archos, pois tudo foi apresentado de forma rasa. Mesmo assim não tira o encanto que o livro quer trazer, sabendo disso agora, possa ser que consiga aproveitar melhor a leitura do próximo volume (espero que tenha).

            Minha nota no Skoob foi 3/5, “Robopocalipse” tem 406 páginas e foi lançado no ano de 2017 pela editora Galera Record. Li no meu Kindle, então não consigo falar sobre a diagramação, mas se você gosta de livros de ficção cientifica, esse livro é uma boa pedida, pois pode trazer algo de novo com a forma que é apresentada.

signature

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here