Criativo e Produtivo – Josh Linkner

0
692

Em um mundo como o nosso, para vencer qualquer tipo de concorrência é preciso usar de muita criatividade para conseguir produzir aquilo que se quer passar ou vender… E é por isso que grandes empresas de publicidade são contratadas.

No mercado altamente competitivo é preciso usar a sua esperteza. Se você não for criativo, outra pessoa o será e assim ficará à sua frente. É como uma corrida, só vence quem tiver mais fôlego, e neste caso vence quem for mais criativo e conquistar o público alvo. Isso vale para qualquer tipo de negócio.

Josh Linkner é um músico de Jazz, mas também é um executivo e utiliza muita coisa da música como método para suas empresas. Na música, um bom profissional sempre usa a criatividade para improvisar e fazer um show que todos gostem e queiram sempre assistir. E Josh conseguiu passar esses mesmos métodos para conseguir gerir empresas altamente competitivas e produtivas.

Para simplificar, o autor ensina cinco passos essenciais que realmente geram ou podem gerar resultados.

São eles:

1) Pergunte – é preciso entender o que o empresário quer, conhecer o mercado e qual a sua finalidade, mas também é preciso saber qual o público que se quer alcançar.

2) Prepare – a partir daí você precisa entender o processo criativo. E assim como se faz em qualquer profissão, é necessário um aquecimento para a criatividade ser usada. Neste passo o autor ensina 10 tipos mais usados como aquecimento para um processo criativo, tendo sempre em mente o que você realmente quer e procura.

3) Descubra – é preciso descobrir uma abordagem diferente. Ah, mas isso se faz durante muito tempo. É verdade, mas pode-se mudar um pouco a abordagem, um outro olhar sobre o produto que está vendendo (eu acredito que este passo é o mais importante).

4) Ligue – processo em que “gera faíscas de criatividade”, ou seja, o primeiro passo a ser dado para fazer algo realmente criativo. Aqui o autor lista 12 métodos.

5) Lance – é o grande momento. Depois de todos os demais passos já realizados, agora você pode escolher as melhores idéias que conseguiu fazer surgir e avaliá-las, qual terá a melhor chance no mercado. E a seguir lançar.

Creio que a melhor maneira de encampar uma idéia criativa é fazendo uma pesquisa antes e isso está em um dos passos mencionados acima. No meu caso, como funcionário público não tenho muita preocupação com isso, me preocupo mais com a otimização do serviço que tenho que apresentar, mas como escritor, aí sim, eu posso utilizar alguns desses passos. Afinal tenho um produto a ser vendido e para isso é preciso que ele tenha alguma criatividade.

Livro altamente indicado para quem tem metas a cumprir, e quem administre empresas, seja ela de que ramo for, bem como tamanho.

A esses recomendo o livro.

 Resenha de Antonio H. Fernandes, resenhista do Arca Literária e do Navio Errante

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here