Papo sério! Conservação de livros!

0
578

Olá queridos!

Hoje vamos conversar um pouco sobre a conservação dos nossos amados livros! Inicialmente, vamos conhecer um pouco sobre as causas externas de degradação.

Clima tropical-realidade:
Elevadas temperaturas e umidades relativas do ar.
Edifícios herdados ou mal planejados, permitindo rápidas trocas térmicas e infiltração ou vazamento de ar.
Manutenção precária ou inexistente (goteiras, infiltrações, janelas quebradas, frestas, limpeza, etc.).
Sistema de ar condicionado inexistentes ou mal planejados, em mau funcionamento e sem manutenção.

A Poeira
A poeira não modifica somente a estética de nossos documentos.
Ela contém minerais de ação cortante e abrasiva, poluentes químicos e esporos de microorganismos, que interagem, promovendo a degradação dos materiais.
Além da aderência superficial, a poeira também se prende às fibras, por meio de ligações químicas.

A poeira é higrocópica
Um outro aspecto relevante é a capacidade higroscópica da poeira.
Em condições de elevada umidade relativa ocorre a absorção de água e dos poluentes sob a forma de ácidos, que irão favorecer a degradação da celulose.
Os microorganismos e seus esporos, presentes no pó, aderem aos materiais orgânicos e encontram condições adequadas para seu desenvolvimento.

Materiais instáveis
Alguns elementos, quando em contato com o papel, podem reduzir sua durabilidade.
Da mesma maneira que as tintas ácidas de compostos metálicos oxidantes, os grampos e clipes metálicos causam efeitos corrosivos.
Os microbicidas e inseticidas em pó, líquidos ou gasosos, também podem ter efeitos extremamente negativos, dependendo de suas composições químicas.

Migração de químicos nocivos
Outros materiais são danosos em contato com os documentos: Caixas de papelão, ou capas de papel ou cartão ácido, com lignina, adesivos instáveis e ácidos, como as fitas autoadesivas, a cola branca, etc.
Manuseio com suor, gorduras e saliva.

Agentes biológicos
Os ambientes úmidos, quentes, escuros e de pouca ventilação são os mais propícios aos microorganismos, insetos e até pequenos roedores.
Os arquivos e bibliotecas de regiões tropicais são o ambiente ideal para sua moradia e reprodução.

Microorganismos
Encontramos uma variedade de seres microscópicos denominados microorganismos.
Classificam-se em fungos, bactérias, algas e protozoários.
Desenvolvem-se nos ambientes que oferecem alimento, umidade e temperatura adequados.

Os documentos também sofrem danos mecânicos, decorrentes de:
Ausência de proteção física,
Embalagens impróprias,
Materiais impróprios, como barbantes,
Manuseio inadequado, ou
Caixas superlotadas.

Resultado: papel frágil.

As agressões dos diferentes agentes externos propiciam e aceleram os processos de degradação da celulose por hidrólise.
A consequência é a transformação das características físicas e químicas do suporte, que fica escurecido, frágil e quebradiço.

Gostou? Semana que vem falaremos sobre os cuidados que podemos ter com nossos livros!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here