Cidades de Papel – John Green

1
589

Hey, pessoas. Hoje eu estou aqui, depois de muito tempo kk (é que eu ainda não me acostumei com essa ideia de resenhas e tals), enfim… Hoje eu vim aqui fazer a resenha do livro Cidades De Papel do John Green (ava), porque muita gente – e com “muita gente” eu quero dizer minha amiga. – pediu para eu fazer uma resenha desse livro pois vai ser lançado mês que vem e… Pois é!

Cidades de Papel conta a estória de Quentin Jacobsen, que tem uma paixão digamos que, platônica pela sua vizinha Margo Roth Spielgeman desde que era criança. Uma vez quando eles eram crianças, acharam um corpo de um homem morto – Okay, vamos pular essa parte. – Eles crescem, vão para o ensino médio e tal. Mas certa noite, Margo aparece na janela do quarto do Q. dizendo à ele que quer o carro emprestado, ele nega, mas aí ela consegue convencer ele.

Eles vão juntos até o  Wal-Mart e compraram algumas coisas BEM estranhas na lista de Margo, para planejar se vingar de algumas pessoas :v

Eles fazem o esquema todo, e eles vão pra casa. Mas no dia seguinte Margo não aparece na escola, e nem depois do dia seguinte. Traduzindo: ela sumiu. No entanto, ele encontra pistas e começa a segui-las. E então ele parte para uma aventura de tentar encontrar Margo, junto com seus amigos Ben, Lacey e Radar.

Bom, essa é a resenha do Cidades de Papel, do John Green. Espero que gostem! :3

E, um conselho pra você que ainda não leu o livro, ou não vai ler mas vai assistir o filme ; NÃO ESPEREM QUE SEJA UM FILME EM QUE TENHA FINAL FELIZ E MIMIMI! É sério.

Resenha de Cidah Fernandes, resenhista do Arca Literária e do blog Navio Errante

Um comentário

  1. Um livro maravilhoso de um jovem que é apaixonado pela sua vizinha, que por sua vez, é levado por ela a entrar numa aventura incrível!
    John Green arrasou nesse livro! Muito interessante e misterioso!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here