Espaço Infantil

1 280

visit this page Quem nunca quis encontrar algo que concedesse desejos? A lâmpada do gênio, a caverna de tesouro, o tapete mágico que conduz a qualquer lugar, a varinha mágica, a fada madrinha… Tudo o que a maioria das pessoas deseja ou um dia já desejou, capaz de mudar vidas.

acquisto titoli on line  E a autora Palmira Heine estabeleceu uma combinação interessante, Um lápis mágico e uma criança criativa e cheia de energia para explorar essa criatividade. Já de início, é trazido que o lápis fora escondido em um baú, encerrado dentro  de uma caixa e posto no porão de uma casa. Dificilmente alguém encerraria algo tão maravilhoso e desejado em tantos recipientes diferentes e por final abandonando. Mas a pequena Maria encontra e tem início a aventura. E Maria o usa para diversas coisas até aprender a lição final.

anbieter für binäre optionen  O livro é bem bacana, com bastante colorido em suas ilustrações. Tem o formato A4 e suas divertidas ilustrações alcançam cerca de um terço das páginas. É um fator muito positivo que o torna acessível para crianças que ainda não sabem ler. Eu sugeriria uma melhor distribuição do texto, já que é um livro infantil e, como educadora, posso dizer que muitas linhas juntas costumam assustar as crianças em fase de alfabetização, e uma linguagem mais suave ou coloquial, algumas expressões podem não ser compreendidas por esse público. Para os juvenis,no entanto, o livro está muito adequado, pois a história simples e permite a aquisição de valores como a ideia de que posse não é sinônimo de felicidade e que as relações sociais devem ser cuidadas para serem cultivadas. O Lápis Mágico é apropriado para rodinhas de leitura e contação de histórias e a página ao final do livro para recontagem da história é um bom recurso nessas atividades.

http://janstrumillo.pl/?ploskostopiye=opcje-binarne-strategia-rsi&8ad=2a  Eu daria nota 5 pela qualidade da obra e ilustração, mas devido ao fator do excesso de texto, a minha nota é 4,5, embora, isso não afete a qualidade do livro, influencia na leitura de acordo com o leitor.

opciones binarias con poco dinero signature

0 254

additional info Quem nunca quis encontrar algo que concedesse desejos? A lâmpada do gênio, a caverna de tesouro, o tapete mágico que conduz a qualquer lugar, a varinha mágica, a fada madrinha… Tudo o que a maioria das pessoas deseja ou um dia já desejou, capaz de mudar vidas.

http://www.arborpro.com.au/?aminokislota=simple-hook-up-reviews&e2a=b0 E a autora Palmira Heine estabeleceu uma combinação interessante, Um lápis mágico e uma criança criativa e cheia de energia para explorar essa criatividade. Já de início, é trazido que o lápis fora escondido em um baú, encerrado dentro  de uma caixa e posto no porão de uma casa. Dificilmente alguém encerraria algo tão maravilhoso e desejado em tantos recipientes diferentes e por final abandonando. Mas a pequena Maria encontra e tem início a aventura. E Maria o usa para diversas coisas até aprender a lição final.

http://aliciamathlin.com/category/relationships  O livro é bem bacana, com bastante colorido em suas ilustrações. Tem o formato A4 e suas divertidas ilustrações alcançam cerca de um terço das páginas. É um fator muito positivo que o torna acessível para crianças que ainda não sabem ler. Eu sugeriria uma melhor distribuição do texto, já que é um livro infantil e, como educadora, posso dizer que muitas linhas juntas costumam assustar as crianças em fase de alfabetização, e uma linguagem mais suave ou coloquial, algumas expressões podem não ser compreendidas por esse público. Para os juvenis,no entanto, o livro está muito adequado, pois a história simples e permite a aquisição de valores como a ideia de que posse não é sinônimo de felicidade e que as relações sociais devem ser cuidadas para serem cultivadas. O Lápis Mágico é apropriado para rodinhas de leitura e contação de histórias e a página ao final do livro para recontagem da história é um bom recurso nessas atividades.

binär option strategie  Eu daria nota 5 pela qualidade da obra e ilustração, mas devido ao fator do excesso de texto, a minha nota é 4,5, embora, isso não afete a qualidade do livro, influencia na leitura de acordo com o leitor.

check this site out signature

1 431

trading online opzioni binarie 60 secondi Narrado em 3ª pessoa, o livro conta a história do casal Juvenal e Lúcia, que se muda para um sítio após a aposentadoria do marido. Lá os dois esperam viver a calma e a tranquilidade da zona rural, deixando para trás o corre-corre, a poluição e os automóveis da cidade.

http://komsija.net/?sisko=Sildenafil-Citrate-kà  à  à  à  à  à  à  à ¶pa-flashback Mas, depois de alguns dias de “verdadeira maravilha”, “Rede na varanda, chinelo, passarinhos cantando…”, se deparam com uma incomoda presença: “inúmeros sapos em volta da casa”. Lúcia determina então ao caseiro, Dito, que mate todos os sapos que encontrar. O homem, do campo, na mesma hora responde:  “?Matar sapos dá azar, dona! ”.

handla med binära optioner avanza Mas Lúcia não quer saber:

http://dogfriendlyrental.com/lahteet/ “? Azar que nada! Isso é superstição!”

More about the author E depois dos dois, marido e mulher, muito insistirem com Dito, o coitado resolve cumprir as ordens, mas avisa: “? Patrão, matar dapo dá azar! Mas se o senhor tá mandando, vou fazer.”

purchase Priligy (sildenafil citrate) in Ann Arbor Michigan A partir de então, uma sequência de fatores desencadeiam no sítio e o casal percebe que os sapos na verdade eram o menor dos seus problemas, ou melhor, que “matar sapo dá azar”.

en iyi forex eksi O livro é muito bom para trabalhar a consciência ecológica e o equilíbrio do meio ambiente, além de trabalhar a questão das superstições, o fato de cada uma delas ter um motivo para ser. As pessoas do campo talvez não se atenham as justificativas, como o porque de matar sapos trazer azar, mas sabem que não devem fazê-lo porque provavelmente já experimentaram o problema que isso trouxe consigo, e numa tentativa de julgar sempre o que aparenta ser menos letrado como ignorante, aquele que não tem experiência com o espaço do outro ignora que todo o saber deve ser levado em conta.

signature

1 275

Cada vez mais me apaixono pelos livros da Editora Pixel. Super coloridos, bem fieis aos filmes e com uma linguagem muito acessível para as crianças. Isso sem falar que a diagramação é perfeita e o livro é feito no formato de história em quadrinhos.

“Enrolados: História do filme em Quadrinhos” conta a história de Flynn Ryder, o bandido mais procurado do reino. Um belo dia, fugindo da polícia local, ele encontra uma passagem escondida e adentrando nela encontra uma torre. Entrando na torre se depara com uma linda jovem, Rapunzel.

Rapunzel, possuía um passado desconhecido por ela, jamais, em toda sua vida havia saído da torre pois sua mãe, Gothel, não permitia amedrontando a garota de que se algum dia ela saísse poderia ser vítima de bandidos pois o mundo lá fora era ruim e perigoso.

Os longos e louros cabelos de Rapunzel eram fortes e sempre que ela cantava brilhavam e escondiam nele poderes que somente ela e sua mãe conheciam.

Gothel, uma bruxa má, escondia de Rapunzel sua verdadeira origem e a criava como filha. Mas mal sabia ela que todo segredo estaria por um fio com o aparecimento repentino de Flynn.

“Enrolados: História do filme em Quadrinhos” é uma história super emocionante, agradável e divertida de se ler.

Adquiram este e outros livros da coleção infantil da editora Pixel, vale muito a pena!!

signature

2 329

“As Eleições de Aninha” é um livro de G.L.Aires e Sibelle Sousa. Um livro com Ilustrações, de Josemar Bernardo, muito criativas e de bom gosto.

 Aninha morava, junto a seus pais, em uma casinha bem simples e todos os dias saia com sua mãe para pegar água e irem até a escola. Eram sempre caminhadas longas e cansativas.

Aninha tinha consciência da dificuldade em que viviam e em como a vida de sua mãe era dura. Questionando a mãe se tinha vontade de ir morar em outro lugar teve uma resposta que a deixou mais curiosa.

 - Mãe! Você gostaria de vir morar em outro lugar?

 A Mãe pensou muito antes de responder, sabia que era difícil saírem daquele lugar. Mas o tempo passou, chegaram as eleições e Aninha percebeu algo diferente em sua rua, haviam pessoas trabalhando, faziam túneis, buracos no chão, era material para todo o lado.

Curiosa, correu pra casa e questionou a mãe sobre aquilo tudo. Dona Zila respondeu algo que criaria em Aninha uma conscientização cidadã.

 “As Eleições de Aninha” é um livro que fala sobre cidadania, compromisso, responsabilidade eleitoral, ensina a conhecer melhor seus candidatos e votar sempre naquele que tem as melhores propostas para sua vida e coletivo.

 Gosto muito dos livros infantis nacionais pois não são livros que criam estereótipos de princesas perfeitas nem apresentam à crianças fantasias surreais. Eles sempre ensinam algo e “As Eleições de Aninha” não é diferente

 É um livro muito bem pensado, com escrita simples de ser compreendida pelas crianças, as imagens são bem coloridas e bastante explicativas.

 Um livro muito recomendado para nossas crianças!

signature

6 541

“Um amigo de todas as cores” é um livro infantil mas é um livro que nos fala sobre preconceito, diferença, igualdade, amor mas acima de tudo ele fala de Deus. Amanda Quintão neste lindo livro nos da uma linda lição de amor e vida. Mostra para as crianças, das pequenininhas até as maiorzinhas, que diante de Deus não existe raça ou cor.

 “Um amigo de todas as cores” é um livro pequeno, tem menos de 30 páginas, mas com uma história linda e de bastante bom gosto. As imagens do livro são de Mayara de Freitas Calazans e são de muito bom gosto, utilizando cores que atraem o olhar das crianças.

 Blue é um menino que nasceu em Kentucky, EUA, ele nasceu com a cor azul, todos a sua

volta tinham esta cor. Ele era um menino especial, muito feliz e que tinha um dom em suas mãos, ele sabia e gostava de pintar.

Mas um dia a vida de Blue mudou. Ele e sua família precisaram se mudar. Foram para um outro País e lá todos eram amarelos.

 Na escola Blue tentou fazer amigos mas como era “diferente” todos se afastaram dele. E a tristeza da solidão e da exclusão começou a habitar o coraçãozinho dele.

 Mas Blue não desistiu, encontrou um amigo, que mesmo não podendo vê-lo, o ouvia e o fazia se sentir bem e querido. Este amigo se chamava Deus, que como ele mesmo dizia tinha todas as cores.

 E Deus o ajudou, preencheu seu coração, não o deixou desistir da vida e mostrou que no mundo existiam pessoas como ele, diferentes, pessoas de todas as cores, que podiam viver juntas sem exclusão ou descriminação.

Em “Um amigo de todas as cores” Amanda Quintão nos deu uma aula de humanidade. Este livro deve e precisa ser apresentado a crianças de todas as cores e raças. Através dele podemos ensinar que a diferença só nos faz mais bonitos e interessantes.

 signature

2 327

Olá pessoas, ou alienígenas que planejam a dominação mundial, eu sou o Rafael! O maior resenhista do planeta! Ou talvez não né? Sei lá, é provável que não – he he he

Enfim, hoje eu quero falar do livro “O equilibrista”, bom, este livro conta a história de um homem que nasceu numa casa em cima de um fio, já avisado que ela poderia desmoronar a qualquer momento, mas, ele não tinha para onde se mudar, então ele pega um fio e vai construindo o seu “chão”O Equilibrista

Às vezes, ele pensava um pouco mais na vida, e olhava para trás, e, via o mundo que construiu só com um fio, acho que ele está falando sobre os artistas e as pessoas loucas como a minha mãe.

O livro é muito bom, e bem curto, é para crianças?

 Sim, talvez, quem sabe ao certo, mas isso não impede ninguém de ler, né?

“O equilibrista” é um Excelente livro

10 454

O macaco está sentado lendo seu livro, então aparece o burrinho de laptop na mão e muitas perguntas na cabeça. O Burro não sabe o que é aquilo que o macaco está lendo, e o macaco não tem paciência com a falta de conhecimento do burro sobre algo tão simples. De maneira divertida, encontramos uma história que nos lembra duas  grandes revoluções, a tecnológica e a escrita.

Macaco, Burro… uma fábula moderna cujos personagens são comuns, os itens são de conhecimento popular, mas a mensagem… Ah a mensagem não poderia ser mais atual. Há ainda pessoas que não tem acesso a leitura mesmo no mundo de hoje.

Os motivos são vários, desde dificuldade de acesso por poder aquisitivo ou investimento público, até o incentivo em casa ou fora dela.  Há pessoas que não leem, que passam muito tempo no computador, ou que nunca ouviram a leitura de uma história em toda a sua infância.

O livro consegue exprimir as emoções dos personagens e nos fazer até ouvir seus sons através de seus diálogos e onomatopeias, difícil não fazer caras e bocas com o macaco e suas respostas, ou questionar a ingenuidade do Burro mesmo estando já inserido na era digital.

 Escolha um lado, ou divirta-se  “assistindo” a conversa dos dois, vale a pena conferir essa obra!

Aproveite, e leia para uma criança ;)

 signature

8 686

…. Oh? Era suposto eu dizer alguma coisa? O PRODUÇÃO! … Ok… Ok…

Tá, enfim, Olá a qualquer Gênio que está lendo isto! Eu sou Rafael, e hoje, eu vou falar sobre o livro “É de menino, é de menina” da Yohanna Sanfer

Vocês já falaram para alguém “isso é coisa de menino” ou “ isso é coisa de menina”?

Bom, esse livro vai lhes falar a verdade, pois ele conta a história de… um menino e uma menina, (meio lógico, ne?) que teriam que fazer um desenho como lição de casa.com é de menino é de menina (1)

De repente, eles começam a brigar por causa de Azul e Rosa, e ficaram dizendo que azul era de menino e rosa de menina.

E eu lhes pergunto, O que aconteceu? E aí, vocês perguntam a mesma coisa, e se querem saber como essa briga acabou, assista o próximo episódio de… pera, não, se você quer saber como as coisas acabaram, leia o livro.

“É de menino, é de menina” é um ótimo livro infantil, ele passa uma valiosa lição de vida para as crianças em meio a uma diversão e uma historinha bem leve e lúdica. Vale a pena puxar esse assunto com seus filhos sobre conceitos e gêneros e esse livro é um bom começo.

 Um beijo do Rafa.

PS: eu tenho o livro autografado em casa.

signature

4 533

Oi gente.

 Bem, como vocês sabem eu adoro fazer resenhas de livros infantojuvenil, e hoje, vou fazer a resenha do livro “A droga da obediência” que é o livro que deu início da série dos “Karas”, que são tipo uma organização secreta de crianças, e essas crianças são Miguel (o Líder), Crânio (o Gênio), Calu (o melhor ator) e Magrí (a Atleta). Um menino chamado Chumbinho descobre os Karas, e assim, eles ficam com raiva do coitado, porque aquele garoto poderia estragar a ordem deles, e assim, ficam arrumando um jeito de se livrar dele, porém, o assunto do livro não é bem esse, é sobre muitos desaparecimentos de alunos em escolas, e o último a desaparecer foi o Broca, Aluno do Elite (escola dos Karas) e namorado de Magrí, chumbinho, contudo, tem uma pista, ele foi o último a se encontrar com o bronca, e naquele dia, Bronca, o menino encrenqueiro, estava “obediente” por alguma razão, e o motivo disso, era porque o “Doutor Q.I” estava aplicando a “Droga da obediência” nos jovens.

Quer saber mais sobre o livro? Então leia-o! Não é difícil ;)

O livro “A droga da obediência” é um livro incrível!

signature

1 327

Olá a qualquer um que esteja lendo isso. Hoje irei falar um pouco sobre o livro que você com certeza conhece, que é o “Diário de um Banana” que foi escrito por Jeff Kinney, e este livro conta a história de um garoto chamado Greg Heffley, que é azarado, sempre se dá mal e tem uma família irritante: um irmão mais velho burro que o incomoda, um irmãozinho que é chato e sempre quebra as coisas dele, uma mãe super protetora e um pai que se estressa rápido.

Os livros da coleção são bons, engraçados e cada um conta uma parte da vida de Greg, o segundo livro (Diário de um banana: Rodrick é o cara) por exemplo, conta sobre a convivência de Greg com seu irmão mais velho, e cada livro vai contando mais e mais da vida deste menino um tanto banana, que tem que enfrentar uma série de problemas para conseguir algo, e ele sempre, SEMPRE  levando uma bronca do pai ou da mãe.

Se você quer saber mais, compre os livros e colecione eu, obviamente, compre um de cada vez e em ordem, porque senão você pode gastar muito dinheiro e até não entender muita coisa que está escrito, pois cada livro vai dizendo um pouco sobre o anterior, ou pode comprar o combo, minha mãe ia compra-lo para mim, mas ela perdeu o boleto e a promoção da Saraiva e eu fiquei sem o meu box. Já li muitos livros dessa coleção, maioria na biblioteca do Anglo, uma escola na qual estudei, e eu lia em média em um dia ou dois, as vezes até em três horas.

signature

1 360

Eu vou logo ao ponto, estou aqui para fazer a resenha do livro ‘Diário de um zumbi do minecraft’, sabe aquele jogo de quadrados que é muito conhecido? Então, conhece o zumbi do jogo? Agora, você vai saber como é a vida DELE.

Diferente de nós, humanos, zumbis saem à noite, no jogo, e no livro eles fazem muitas coisas, assustam pessoas, tem treinamento de susto e um monte de baboseira que eu não vou citar, mas, enfim, neste livro o tal ‘zumbi’ tem que acordar tarde, NÃO escovar os dentes, NÃO tomar banho e tem que assustar os aldeões da vila. Há uma incoerência na história, se eles não podem escovar os dentes e nem tomar banho por que eles teriam escova de dentes e chuveiro? Pois no início do livro, o zumbi acorda e afirma que não podia escovar os dentes, mas esqueceu e acabou escovando-os

 Este morto-vivo tem três amigos (que também são presentes no JOGO com nomes um pouco diferentes) que são o Slimey, uma gosma, o Esquely, que pelo nome, já dá para perceber que é um esqueleto e o Creepy que explode as coisas.

 Apesar do título ser muito similar e lembrar do Diário de um banana, o livro é 100% original, e muito bacana, além do mais, você já viu quantos livros tem essa palavra no título? Como o livro ‘Diário de uma garota nada popular’? Só por que tem uma palavra ou um título similar, não significa que é plagio, e esse livro (o que estou resenhando agora) é muito legal e super criativo, pois já vi vários youtubers fazendo livros de Minecraft, mas, nunca do ponto de vista de um zumbi.

signature

2 453

Este livro foi um dos melhores que já li, O Gênio do crime, conta a história de 3 amigos, Edmundo, Pituca e Gordo, também conhecido como Bolachão, eles ajudam um senhor chamado Tomé, que é dono de uma fábrica de figurinhas de futebol, este homem criou um concurso de álbuns, mas, alguém está clonando as figurinhas e as vendendo para crianças, sendo que se pedia a figurinha desejada , e ela chegava no dia seguinte, e enquanto esse criminoso lucrava, seu Tomé tinha que pagar os prêmios, pois, como os adesivos chegavam rapidamente, os álbuns também eram preenchidos rápido.

Esses três meninos montaram um plano para capturar o bandido e fazer com que o concurso fosse justo e todos ganhassem prêmios, porém, o cambista sempre fugia e entregava uma lista do número de figurinhas, com o nome do jogador.

Você deve estar se perguntando, “mas então, como eles fazem para pegar o bandido? ”, leia o livro e irá descobrir.

O gênio do crime é um excelente livro, história boa, bem explicada, e sem falhas nela, assim dando ao leitor, conforto e entretenimento, ou seja, é um dos livros mais bacanas que eu já li, e provavelmente, será o um dos seus também.

signature

O livro é indicado para a faixa do Ensino Fundamental I, e traz às crianças um pouco da escrita inglesa de Janet e Allan. A ilustração divertida, perfeita e cativante de Janet aliada a escrita leve, pausada e convidativa de Allan é capaz de encantar desde a criança até o mais idoso.

A proposta do livro é o encontro das imagens ocultadas, com uma poética linda, os autores elencam uma história leve e que traz personagens muito conhecidas do público alvo.

“Em cada página

trate de olhar

há um segredo

 pra você achar”(p. 5).

Assim, o leitor deve ler as frases poéticas com rimas delicadamente feitas por Allan e procurar nas belas ilustrações de Janet.

Eu fiquei encantada com toda a composição do livro. Mesmo sendo adulta, é possível se perder na escrita e deixar a imaginação fluir á procura de personagens como o Pequeno Polegar, Cinderela e Robin Hood. Além disso a gravura que contextualiza cada figura a ser procurada torna a leitura e a procura muito mais divertida com bruxa, vovó, floresta… é um encanto só. O final também é inusitado quem diria que… bom, infantil ou não eu não vou contar o final do livro! ;)

Convido vocês a conhecer um pouco mais desse livro lendo-o. Se puder procurar, talvez encontre em alguma biblioteca publica ou escolar. Se não, ele está a venda nas Lojas Americanas, SaraivaPonto FrioShoptime, Livraria Travessa e na Estante Virtual pela editora Moderna e também pela Salamandra.

 Basta clicar nos nomes das lojas para acessar, boa leitura!

signature

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: