Boneca de Ossos – Holly Black

0
723

Zach, Poppy e Alice são três amigos cheios de imaginação, eles criaram um mundo de piratas e sereias governado pela Grande Rainha. A Rainha é uma antiga boneca feita com porcelana de ossos, ela é rara e por isso fica guardada em uma cristaleira.

Uma boneca em uma cristaleira pode ser algo assustador, mas se você cria histórias sobre ela, sua imagem aterrorizante se suaviza. Ela se torna a Grande Rainha, senhora de todos os reinos que você e seus amigos criam. Mas e se você a tira da cristaleira? E se nessa mesma noite um fantasma aparece para você, pedindo sua ajuda, o que você faria?

Poppy passou por isso, junto com Alice e Zach, pois eles são amigos. Mesmo com Zach agindo como um grande idiota nos últimos dias. Ela contou tudo sobre o sonho e eles depois de muito pensar decidem que vão procurar o túmulo da Rainha e enterrá-la. Pois essa poderia ser a última aventura juntos.

Aventura que poderia ser apenas crianças de 12 anos pegando um ônibus para uma cidade distante, escondidos de todos e de madrugada. Mas vai além, há muito a descobrir sobre a boneca, sobre o espírito que está preso nela e sobre os garotos.

Holly Black é uma autora incrível! Esse livro foi minha iniciação nas histórias dela, mas já estou ansiosa por mais.

A narrativa é em terceira pessoa focada mais no Zach, já que ele é o personagem que mais cresce ao desenrolar da história. O enredo bem construído mescla as brincadeiras de crianças, os problemas da pré-adolescência com a família e amigos, com um delicado suspense sobrenatural.

A leitura flui rapidamente e os capítulos, relativamente curtos, ajudam. E os diversos momentos pelos quais eles passam são envolventes e nos prendem a história, então lemos rapidamente.

Os personagens são ótimos, criativos e inteligentes: Poppy sempre controladora, Zach sempre com boas ideias e Alice com seu talento e amizade. Há alguns (Poppy e Zach) me apeguei mais, mas todos eles cresceram muito nessa jornada.

O final é fechado e, como toda a história, muito bom para se acompanhar.

A capa é linda e uma das minhas favoritas do selo #irado. A diagramação é simples, mas cada capítulo possui um detalhe e no decorrer do livro várias ilustrações aparecem tornam a leitura mais lúdica.

Indico para todos que gostam de infanto-juvenis, para os garotos e garotas que estão na mesma fase da vida que os personagens e para quem gosta de suspenses/aventuras sobrenaturais.

 “Não se parecia em nada com um sonho. Ela estava sentada na ponta da minha cama. Seu cabelo era loiro como o da boneca, mas estava embaraçado e sujo. Ela estava usando uma camisola suja de lama. A menina me disse que eu tinha de enterrá-la. Disse que não poderia descansar enquanto seus ossos não estivessem no seu próprio túmulo e que, se eu não a ajudasse, ela faria com que eu me arrependesse.”

“Nós, seus súditos leais, fizemos uma longa jornada para trazer você a este lugar, e estamos reunidos aqui neste dia para dizer adeus a você em nossa viagem. Estou feliz por você estar finalmente livre da sua torre. […] A Rainha está morta — ela disse. — Vida longa à Rainha.”

Resenha de Anna Gabriella, resenhista do Arca Literária e do blog Letras & Versos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here