Beleza Perdida – Amy Harmon

1
671

Sinopse: Ambrose Young é lindo — alto e musculoso, com cabelos que chegam aos ombros e olhos penetrantes. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas, por ele ser tão bonito, Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose… até tudo na vida dele mudar.

Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas — perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido.

Este é um livro profundo e emocionante sobre a amizade que supera a tristeza, sobre o heroísmo que desafia as definições comuns, além de uma releitura moderna de A Bela e a Fera, que nos faz descobrir que há tanto beleza quanto ferocidade em todos nós. 


Resenha:  

“As vezes a beleza, ou a falta dela, se torna um obstáculo para realmente se conhecer uma pessoa.” P.315

 Beleza Perdida é o tipo de livro que te atinge como uma flecha, de tal modo que a história permanece com você por um bom tempo. É um dos melhores livros que já li, e eu já li muitos.

A primeira vista a impressão pode ser de uma velha fórmula já batida, tanto na literatura como nos cinema. A história de uma menina sem graça, quase feia, que se apaixona pelo bonitão da cidade. Sim, isso acontece no livro, mas as semelhanças param por aí. Essa releitura de a Bela e a Fera é muito mais profunda e encantadora.

Fern Taylor é uma ruivinha pequena e sem graça, nada popular, que vive mergulhada em livros – lendo e escrevendo. Sua principal e constante companhia é o primo e melhor amigo Bailey, que tem a mesma idade que Fern, mas que sofre de uma doença degenerativa que o faz ter muitas limitações e necessitar de cuidados constantes, cuidados estes que Fern assume, durante boa parte do tempo. Além de Bailey, Fern também tem uma grande amiga, a bela e popular Rita.

Fern é apaixonada desde criança pelo cara mais lindo e popular da cidade. Ambrose Young é lutador e tem um futuro promissor no esporte. O amor de Fern por Ambrose é incondicional e ela não espera – embora deseje – ser correspondida. Ambrose não enxerga Fern e ela contenta-se em ser apenas uma expectadora de todo o carisma e admiração que Ambrose desperta.

 “Era possível pertencer a alguém que não nos queria? Fern decidiu que sim, pois seu coração era dele, e, se Ambrose o queria ou não, não parecia fazer muita diferença” p.100

 Em um dado momento, Fern decide ajudar a amiga Rita a escrever cartas de amor para Ambrose, e nessas cartas Fern acaba extravasando tudo o que sente por ele, que pensa estar se correspondendo com Rita. Ambrose se apaixona pelas cartas e isso dá inicio a uma confusão e mal estar entre ambos, quando Ambrose descobre a farsa.

A troca de cartas é outro ponto muito interessante da trama, pois a autora se vale de poemas e sonetos famosos – de Shakespeare a Lord Byron – através dos quais os protagonistas expressam seus sentimentos um ao outro por toda a história.

A trama então fica mais densa, e passa a ter como pano de fundo os atentados de 11 de setembro e a guerra do Iraque. Ambrose e seus melhores amigos decidem se voluntariar para o exército, e a partir daí os personagens passam a enfrentar a dor da perda e os traumas decorrentes de uma guerra. Ambrose retorna do combate com sequelas que desconstroem toda a imagem que as pessoas tinham dele, e ele mesmo parece ter perdido sua identidade.

Além da trama principal, que gira em torno de Ambrose e Fern, há também as tramas paralelas que permeiam toda a história e são excelentes! Todos os personagens são muito bem construídos, especialmente Bailey, cuja história daria um livro a parte.

Beleza Perdida é uma história sobre amor incondicional, amizade, coragem, heroísmo e superação. É também uma história sobre a dor, e o que pode resultar dela. Nos faz refletir sobre o peso que a aparência – nossa e dos outros – tem em nossas vidas. Em como acontecimentos ruins podem nos trazer não só a dor em si, mas coisas boas que talvez não tivessem acontecido se não fossem deste modo.

Prepare-se para mergulhar neste livro e só parar de ler quando chegar a última página! Como última dica, preste bem atenção nos títulos dos capítulos, você terá uma surpresa no fim do livro !

Recomendo muito a leitura !!!

Resenha de Michelle Lebre

Um comentário

  1. Esse livro é demais pro meu coração! Fez uma ótima resenha sobre ele. O que mais cativa nisso é a fórmula diferente da Bela e a Fera e da trama dos personagens secundários. Bailey arrasou com o meu coração!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here