Batalha de Literatura

0
543

Oi gente! Esse é o meu primeiro conteúdo e espero que seja o primeiro de vários. E tantos assuntos

Analise as duas sinopses, dois livros completamente diferentes. Qual dos dois é literatura estrangeira? Ora, Esther Lya, como vou saber? Tudo bem, eu analiso com você…

A primeira sinopse fala de uma cena de crime, onde o assassino escreveu palavras em grego com sangue da vítima. O inspetor conta com a ajuda de um escritor, que usa um pseudônimo estrangeiro. O motivo do inspetor ter ido atrás daquele escritor? A cena do crime é como o escritor descreve nos seus romances, porém, o assassinato, ocorreu antes do livro ser lançado. E quando você se dá conta, não sabe quando é realidade, quando é ficção… A correria começa e aquela deliciosa sensação de ler um livro de suspense toma conta do leitor. Falo isso por experiência própria! Devorei o livro em instantes e devorei de novo, várias vezes depois.

A segunda sinopse fala de um homem que nasceu como centauro. Casou-se com uma centaura. Fez uma cirurgia e virou humano… E assim várias vezes. Ele conhece pessoas que eram peixes, répteis, aves… Essa brincadeira de antropomorfismo se enrola e desenrola e quando o leitor percebe, o livro termina. E na última página, a esposa do protagonista disse que nada aconteceu. Mas o que foi verdade e o que foi ficção?

Agora lhe pergunto, qual desses dois é literatura estrangeira? O livro de suspense frenético, ou o livro do centauro que brinca com os animais? Qual é a sua resposta, leitor? Bom, vou revelar agora!

Nenhum. Exato! Nenhum desses livros são literatura estrangeira! Os dois são bem brasileiros, obrigada! O primeiro livro é O Jardim do Diabo, do maravilhoso Luis Fernando Veríssimo. O segundo livro é O Centauro no Jardim, do, igualmente maravilhoso, Moacyr Scliar.

Essa é uma das diversas brincadeiras que o projeto Atavus propõe. Fazer as pessoas analisarem e perceberem que a literatura brasileira é tão boa quanto a estrangeira. Acredite, várias pessoas possuem o preconceito literário, e há várias opções para diminuir com isso, mas isso é assunto para ser tratado depois.

Fiz essa brincadeira, para você leitor, quem sabe, se interessar mais ainda pela nossa literatura que tem tudo para ser ótima! Que a literatura brasileira está além dos falecidos discutidos nas aulas de Literatura. A literatura brasileira está na luta por reconhecimento, na luta por uma publicação, na luta pelo fim do preconceito.

Bom, eu poderia ficar horas e horas falando sobre a literatura brasileira, mas acho melhor deixar para os próximos dias!

Abraços!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here