As Mil e Uma Noites – contos árabes – Tradução de Ferreira Gullar

0
1716

Um clássico!! Que delícia!! Gente estou apaixonada pelos livros da Ed. Revan. Livros muito bem confeccionados, papel coche, macio… muito bom de se tocar e ler.

Este livro é uma tradução feita por Ferreira Gullar, muito bem feita, linguagem clara e que permite que a leitura seja feita por qualquer pessoa.

 O livro bem que podia ser chamado de Contos de Sherazade. Ele narra a história de um rei que teve a infelicidade de descobrir a traição de sua esposa. Com raiva ele fez uma promessa de que todas as mulheres com que se casasse morreriam logo ao amanhecer do dia após o casamento. Muitas moças passaram pelas mãos deste rei e no amanhecer do dia eram entregues ao Gram Vizir para que tivessem suas vidas ceifadas.

 O Gran Vizir, carrasco, era pai de duas moças e temia que algum dia isso sucedesse a alguma delas. Infelizmente ao ver tanto sofrimento entre as moças da cidade Sherazade, sua filha mais velha decide que se entregaria ao rei como esposa na intenção de convencê-lo a não mata-la e desta forma salvar a vida de várias outras que por ventura pudessem vir após elas.

O pai de Sherazade muito tentou mas não conseguiu tirar da cabeça de sua filha esta ideia louca que podia tirar-lhe a vida. E o que poderia ser pior que isso, ele seria seu carrasco em seus últimos momentos.

 Linda e esperta Sherazade convence seu pai e é apresentada por ele ao seu rei. Confabula com sua irmã uma estratégia que fará com que ganhe tempo.

Sherazade iniciou uma contação de história que fez com que seu tempo se prolongasse junto ao seu esposo.

 Mil e uma noites conquistadas diante daquele que poderia ser seu algoz. O final? Ou finais? Você precisa ler para conferir… Vai se surpreender!

 Este livro trouxe lembranças de minha infância. Adorei ter tido a oportunidade de ter lido. E recomendo!

 Resenha de Ceiça Carvalho

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here